Histórico

UEL e UEM são instituições públicas paranaenses de porte semelhante, consolidadas e bem conceituadas, com forte inserção regional. Juntas oferecem 115 cursos de graduação, 92 cursos de mestrado e 51 de doutorado. São as universidades estaduais de maior índice de IGC do MEC/INEP e estão entre as 30 instituições brasileiras com maior número de programas de pós-graduação, segundo a avaliação quadrienal 2013-2016 da CAPES.

O PPU foi autorizado em dezembro de 2011, tendo iniciado sua primeira turma de mestrado em março de 2012: é o primeiro programa de mestrado no Estado do Paraná. O projeto foi construído com base nas competências dos dois grupos de docentes empenhados na sua criação. Apesar da proximidade física das duas instituições (100 km de distância), havia distinções claras quanto às linhas de atuação desses dois grupos com cultura organizacional diversa. Por isso, desde a sua origem, a elaboração dos relatórios anuais para envio à CAPES vem sendo considerada uma oportunidade de análise das divergências e convergências, promovendo uma autoavaliação com consequente formulação de planos de ação de curto e médio prazos, caracterizando um processo de aprendizagem e amadurecimento do grupo. Esse processo promoveu integração, explicitou divergências e propiciou a obtenção de nota 4 na primeira avaliação do PPU, no fechamento do quadriênio em 2016: meta estabelecida e alcançada!

Esta rápida evolução do Programa motivou o encaminhamento de proposta de curso de doutorado, aprovado em novembro de 2018 com início em março de 2019. A região de abrangência do PPU foi certamente ampliada com a implantação do doutoramento por ser o primeiro curso de doutorado em Arquitetura e Urbanismo do Estado do Paraná, cuja demanda abrange os Estados de Santa Catarina, Sul e Sudoeste do Estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul, chegando até Mato Grosso e Goiás.