Condolências e ressentimentos de João Cabral “Na morte de Joaquim Cardozo”

Everton Barbosa Correia

Resumo


Falecido em 1978, Joaquim Cardozo coloca um limite na obra poética de João Cabral de Melo Neto, tanto pelo que ilumina retrospectivamente da interlocução dos dois autores quanto pelo que se projeta na poesia de seu amigo e leitor primaz. Muito embora seja possível rastrear composições de um devotadas ao outro desde O engenheiro (1945), à medida que o poeta mais velho convalesce se faz mais presente nos livros Museu de tudo (1975) e notadamente em A escola das facas (1980), onde constam três composições escritas e publicadas à guisa de epitáfios, cuja repercussão ressoa com grande força aquela ausência no contexto cultural brasileiro. Entre as quais, a composição “Na morte de Joaquim Cardozo” ilustra o ressentimento do poeta pernambucano, menos pela perda afetiva do que pela contribuição que devia ter se consumado como uma referência literária e não vingou. Analisando o percurso sonoro do poema em foco, diante de outros poemas coligidos no mesmo volume, intenta-se demonstrar o apuro formal herdado do outro autor, bem como o seu registro inscrito no som, circunstanciadamente.

Palavras-chave


Poesia brasileira moderna; João Cabral de Melo Neto; Joaquim Cardozo; Estilo

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Carlos Drummond. Prefácio. Joaquim Cardozo. Poemas. Rio de Janeiro: Agir, 1947. 7-13.

BANDEIRA, Manuel, org. Antologia de poetas brasileiros bissextos contemporâneos. Rio de Janeiro: Zélio Valverde, 1946.

DANTAS, Maria da Paz Ribeiro. Joaquim Cardozo: contemporâneo do futuro. Recife: ENSOL, 2003

FREYRE, Gilberto, org. Livro do Nordeste. Recife: Arquivo Público Estadual, 1979.

MELO NETO, João Cabral de. A escola das facas. Rio de Janeiro: José Olympio, 1980.

MELO NETO, João Cabral de. Museu de tudo e depois: poesias completas II. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1988a.

MELO NETO, João Cabral de. Poemas pernambucanos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1988b.

MELO NETO, João Cabral de. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994.

MELO NETO, João Cabral de. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2008a.

MELO NETO, João Cabral de. A escola das facas; Auto do frade. Rio de Janeiro: Alfaguara, 2008b.

MELO NETO, João Cabral de. Poesia completa. Rio de Janeiro: Alfaguara, 2020.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2020v39p60

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco