De sines às tribos do Neón: Al Berto e o fim do mundo

Leonardo de Barros Sasaki

Resumo


O poeta Al Berto demonstrou particular interesse pela ambivalência das imagens da catástrofe, que atingem seu paroxismo na noção de fim do mundo. Sob tal perspectiva, o poema, por um lado, reveste-se da voz apocalíptica que nos anuncia o medo e o pessimismo de um tempo; e, por outro, afirma-se contra a desertificação dos afetos e em defesa da experiência particular dos sujeitos. Transitamos, dessa maneira, de uma leitura coletiva e teleológica para uma espécie de escatologia íntima, porque é justamente na intimidade que se opera e se revela o trágico desfecho. Nesse percurso, naufrágios, pestes e desastres ambientais atravessam a obra, recuperam e subvertem representações tradicionais do medo e colocam em xeque noções como as de progresso tecnológico, de segurança e de controle. Buscaremos, portanto, destacar e discutir o ímpeto poético albertiano, que, de maneira tão ostensiva, tão densa e tão obsessiva, se lançou nos abismos do medo, no dizer dos apocalipses do sujeito e na atenção vigilante de um tempo de fins/fim dos tempos.

Palavras-chave


Al Berto; Poesia; Sines; Fim do mundo

Texto completo:

PDF

Referências


AL BERTO. O Medo. Lisboa: Assírio & Alvim, 2009. (M)

AL BERTO. O Medo. Dispersos. Lisboa: Assírio & Alvim, 2007. (Dp)

AL BERTO. O Medo. Diários. Porto: Assírio & Alvim, 2012a. (D)

AL BERTO. O Medo. “Al Berto: uma entrevista sem fim...”. Diário de Lisboa, Lisboa, 27 de jan., 1989.

ARGULLOL, Rafael. O fim do mundo como obra de arte. Rio de Janeiro: Rocco, 2002

AUGÉ. Marc. Le temps en ruines. Paris: Galilé, 2003.

EIRAS, Pedro. Constelações 2 - ensaios comparatistas. Porto: ILCML/Edições Afrontamento, 2016.

FOESSEL, Michäel. Aprés la fin du monde. Paris: euil, 2012.

LAFARGUE, Jean-Noël. Les Fins du Monde, de l’Antiquité à nos jours. Paris: François Bourin, 2012.

NANCY, Jean-Luc. After Fukushima: the equivalence of catastrophes. New York: Fordham University Press, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2018v36p88

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco