Nietzsche e Fernando Pessoa: perspectivismo e heteronímia na (des)construção do sujeito

Francisco Fianco

Resumo


O presente artigo tem como tema a possibilidade de intersecção entre o pensamento de Nietzsche e a obra literária de Fernando Pessoa. Para tanto, utilizaremos como subsídio principal as obras Fernando Pessoa e Nietzsche: o pensamento da pluralidade, de Nuno Ribeiro; Pessoa e Nietzsche: subsídios para uma leitura intertextual, de António Azevedo; e Olhares Europeus sobre Fernando Pessoa, organizado por Paulo Borges.

Palavras-chave


Multiplicidade; Modernismo português; Crítica ontológica

Texto completo:

PDF

Referências


ALONSO, Julia. Fernando Pessoa: Un pensamento de la nada. Paulo Borges (org.). Olhares europeus sobre Fernando Pessoa. Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2010, pp. 11-42.

ARALDI, Clademir Luís. Niilismo, Criação, Aniquilamento: Nietzsche e a filosofia dos extremos. São Paulo: Discurso Editorial, 2004.

ARALDI, Clademir Luís. Para uma caracterização do Niilismo na obra tardia de Nietzsche. Cadernos Nietzsche (São Paulo), n. 5, pp. 75-94, 1998. Disponível em: http://www.gen.fflch.usp.br/sites/gen.fflch.usp.br/files/upload/cn_05_05%20Araldi.pdf.

AZEVEDO, António. Pessoa e Nietzsche: Subsídios para uma leitura intertextual de Pessoa e Nietzsche. Lisboa: Instituto Piaget, 2005.

CARDIELLO, António. Pessoa, Leitor de Gaultier: De Kant à Nietzsche. Paulo Borges (org.). Olhares europeus sobre Fernando Pessoa. Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2010, pp. 143-156.

DIAS, Rosa Maria. Arte e Vida no pensamento de Nietzsche. Daniel Liens et al (orgs.). Nietzsche e Deleuze: Intensidade e Paixão. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2000, pp. 9-21.

LANCASTRE, Maria José de. Fernando Pessoa: Uma Fotobiografia. Lisboa: Imprensa Nacional, 1981.

LÓPEZ, Pablo Javier Pérez. Um Insólito nietzschiano: Notas sobre el Nietzscheanismo explícito e implícito de Fernando Pessoa. Paulo Borges (org.). Olhares europeus sobre Fernando Pessoa. Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2010, pp. 157-230.

MACHADO, Roberto. Nietzsche e a Verdade. Rio de Janeiro: Rocco, 1984.

MARTINS, Fernando Cabral. Fernando Pessoa e o Modernismo Português. São Paulo: Leya, 2010.

NIETZSCHE, Friedrich W. A Gaia Ciência. [Die Fröhliche Wissenschaft] Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

NIETZSCHE, Friedrich W. Além do Bem e do Mal: Prelúdio a uma Filosofia do Futuro. [Jenseits von Gut und Böse: Vorspiel eine Philosophie der Zukunft] Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

NIETZSCHE, Friedrich W. O Anticristo. [Der Antichrist] Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

NIETZSCHE, Friedrich W. O Nascimento da Tragédia ou Helenismo e Pessimismo. [Die Geburt der Tragödie] Trad. Jaime Guinsburg. 2a ed. 7a reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

NIETZSCHE, Friedrich W. Sobre Verdade e Mentira no Sentido Extra-Moral. [Uber Wahrheit und Lüge im Außermoralischer Sinne]. O Livro do Filósofo. [Das Philosophenbuch]. Porto: Rés, 1999, pp. 52-63.

NIETZSCHE, Friedrich W. Assim falou Zaratustra: Um livro para todos e para ninguém. [Also sprach Zarathustra]. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

NIETZSCHE, Friedrich W. La volonté de puissance II. Paris: Gallimard, 1995.

ONFRAY, Michel. La Sagesse Tragique: Du bon usage de Nietzsche. Paris: Grasset & Fasquelle, 2005.

PESSOA, Fernando. O guardador de rebanhos e outros poemas. São Paulo: Círculo do Livro, 1987.

PESSOA, Fernando. Páginas de Estética e de Teoria e Crítica Literárias. . Lisboa: Ática, 1966.

PESSOA, Fernando. O Livro do Desassossego. Porto: Assírio & Alvim, 2016.

RIBEIRO, Nuno. Fernando Pessoa e Nietzsche: O Pensamento da Pluralidade. Lisboa: Babel, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2018v36p99

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco