Nós poéticos de José Paulo Paes

Maria Mirtis Caser, Silvana Athayde Pinheiro

Resumo


José Paulo Paes elegeu o epigrama como forma recorrente de sua poesia. Além disso, o humor e a ironia são também marcas evidentes em seus versos. Sob esse modo poético, há a fluência entre o grande e o pequeno, o local e o universal, a parte e o todo, a criança e o adulto, a vida e a morte, o que não implica em contraposição entre polos, mas em trânsito entre esferas que se interpenetram. O epigramático por vezes se apresenta em variadas feições poéticas que articulam esses pares, como no poema que é objeto de análise deste artigo, “Ode à minha perna esquerda”, do livro Prosas seguidas de odes mínimas (1992). O poema matiza pontos de contato entre a vida e a obra poética de Paes, portanto, apresenta um perfil autobiográfico. Inicialmente, a análise parte de observações já realizadas por Davi Arrigucci Jr. sobre o poema em questão. Depois, o trabalho procura ampliar tal análise, pautando-se principalmente nas categorias de fragmento, segundo Roland Barthes (1977) e de unheimlich, conforme descrito nos registros de Sigmund Freud (1976).

Palavras-chave


Poesia brasileira; José Paulo Paes; Autobiografia; Epigrama

Texto completo:

PDF

Referências


ARRIGUCCI, Davi Jr., org. Os melhores poemas de José Paulo Paes. São Paulo: Global, 1998.

BARTHES, Roland. Roland Barthes por Roland Barthes. Tradução de Leyla Perrone-Moysés. São Paulo: Cultrix, 1977.

FREUD, Sigmund. O estranho. In: ____. Obras Psicológicas Completas. v. XVII. Rio de Janeiro: Imago, 1976. p. 273-318.

PAES, José Paulo. O Menino de Olho-d’Água. São Paulo: Ática, 1991.

PAES, José Paulo. Prosas Seguidas de Odes Mínimas. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

PAES, José Paulo. Quem, eu? Um poeta como outro qualquer. São Paulo: Atual, 1996.

KAMEL, Ali, ed. “A Poesia brasileira perde José Paulo Paes, 72 anos”. O Globo. Rio de Janeiro, 10 outubro 1998, p. 22.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2017v34p31

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco