A intrínseca relação entre texto e imagem em “Mineirinho”, de Clarice Lispector

Adriana Yokoyama, Enéias Farias Tavares

Resumo


O resgate visual, decorrente de uma das ações dos sentidos e recuperada pela memória, pode desencadear sensações diferenciadas em relação a uma imagem específica. Calcado nesta afirmativa, o estudo pretende abordar a visão da escritora Clarice Lispector, ante a morte do bandido carioca Mineirinho e a reconstrução deste fato, em sua crônica, a partir dos relatos e descrições jornalísticas, bem como da imagem de Mineirinho morto, veiculada por alguns jornais da época, na arquitetura de seu discurso que associa, de maneira distinta, a relação análoga entre texto e imagem. Para alcançarmos esta compreensão, somos conduzidos a explorar, através dos mecanismos da linguagem, os processos comunicativos que vão auxiliar a construção dialógica existente entre a produção do discurso literário e sua relação com os recursos psíquicos da memória, em sua atuação de resgate e captação das informações/ imagens, resultante das inúmeras sensações provocadas pela brutalidade das ações, aliadas ao impacto do registro fotográfico do corpo de Mineirinho cravejado de balas. Nesse sentido, as teorias de Mikhail Bakthin (1997), Roman Jackobson (2003), G. E. Lessing (1998), Luiz Alfredo Garcia-Roza (1984) sobre as teorias de Freud e Alfredo Bosi (1974) irão constituir as bases mais específicas de nossa pesquisa.

Palavras-chave


Mineirinho; Texto; Imagem; Linguagem, Clarice Lispector

Texto completo:

PDF

Referências


BAKTHIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Trad. Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

BOSI, ALFREDO. “Imagem e discurso”. Discurso (São Paulo), v. 5, n. 5, p. 65-85, 1974. Disponível em . Acesso em 02 jun. 2016.

DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

GARCIA-ROZA, Luiz Alfredo. Freud e o inconsciente. Rio de Janeiro: Zahar, 1984.

JACKOBSON, Roman. Línguística e comunicação. Trad. Izidoro Blikstein e José Paulo Paes. São Paulo: Cutrix, 2003.

LESSING, G.E. Laocoonte: ou sobre as fronteiras da poesia e da pintura. Trad. Marcio Seligmann-Silva. São Paulo: Iluminuras, 1998.

LISPECTOR, Clarice. Outros Escritos. Teresa Montero e Lícia Manzo, orgs. Rio de Janeiro: Rocco, 2005.

LISPECTOR, Clarice. Para não esquecer. São Paulo: Rocco, 1999.

Mineirinho morreu com oração e recorte no bôlso. Diário Carioca: jornal eletrônico da Biblioteca Nacional Digital, Rio de Janeiro, ed. 10468 (1), p.10, maio 1962. Disponível em . Acesso em 10 maio 2016.

Mineirinho sem sete vidas. JornaldoBrasil: jornal eletrônico da Biblioteca Nacional Digital, Rio de Janeiro, ed. 00099, p. 1, mai., 1962. Disponível em . Acesso em 10 maio 2016.

OLIVEIRA, Andrey Pereira de. Laooconte, de Lessing, passagem obrigatória: algumas reflexões sobre palavra e imagem. Graphos (João Pessoa), vol. 12, n. 2, 2010. Disponível em . Acesso em 01 jun. 2016.

RODRIGUES, Aline. Blog Tribarte Clarice Lispector em defesa dos direitos humanos, 2014. Disponível em . Acesso em 20 maio 2016.

ROSENBAUM, Yudith. A ética na literatura: leitura de “Mineirinho”, de Clarice Lispector. Estudos Avançados (São Paulo), v. 24, n. 69, p. 169-182, 2010. Disponível em . Acesso em 19 jul. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2016v32p43

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco