O (não) lugar da poesia em "Cidade de Deus"

Maria Braga Barbosa Ramos

Resumo


A violência narrada em Cidade de Deus está posta no romance de forma objetiva, em linguagem direta, com cenas e imagens numerosas, mas não rebuscadas e sim como se apenas fizessem parte de uma sede jornalística por descrever. A forma poética pode ser verificada com muita força na introdução do texto e invade outros momentos no decorrer da narrativa. Ocorre, entretanto, que não é essa a linguagem que prevalece no romance, ela não impera no texto, mas emerge eventualmente, como se fosse transgressão. Tal atitude, de certo modo, revela uma tomada de posição que assume a necessidade de distanciar violência e poesia. Isso seguiria a contramão da tradicional associação entre dor e poesia e também se configura como um gesto de resistência a engajar o romance na condição de mercadoria.

Palavras-chave


Violência armada; Poesia; Realismo; Mercadoria; Imagem

Texto completo:

PDF

Referências


AUERBACH, Erich. Mimesis. São Paulo: Perspectiva, 2009.

KEHL, Maria Rita. A melancolia em Walter Benjamin e em Freud. Recordando a Walter Benjamin. Disponível em: Acesso em 21/07/2014.

LINS, Paulo. Cidade de Deus. São Paulo: Companhia de Bolso, 2002.

LUKÁCS, Georg. Cuestiones Preliminares y de Principio. Vol. 1 de Estética: la Peculiaridad de lo Estético. 4 v. Barcelona: Grijalbo, 1966.

SCHOLLHAMMER, Karl Erik. Cena do crime: violência e realismo no Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.

SIMON, Iumna Maria. Considerações sobre a poesia brasileira em fim de Século. In: Novos Estudos CEBRAP (São Paulo) 55: 27-36, nov. 1999.

ZIZEK, Slavoj. Bem-vindo ao deserto do real! São Paulo, Boitempo, 2003. Entrevista disponível em Acesso em 15/7/2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2014v28p66

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco