A negritice e comunidade imaginda de afro-brasileiros na literatura

José Endoença Martins

Resumo


O artigo propõe uma comunidade imaginada de afro-descendentes. Nela, Ismael, Emanuel e Bertília representam a multiplicidade e a diferença no seio da afra-brasilidade literária na dramaturgia brasileira. Em Anjo Negro de Nelson Rodrigues, o arielista Ismael reafirma o encontro assimilacionista com o mundo branco, através de casamento interétnico com Margarida. Em O Sortilégio II, Abdias do Nascimento revela como o calibanista/nacionalista Emanuel vivencia as tradições afro-centradas e a experiência religiosa de matriz africana. Por fim, em O Olho da Cor, a exuista Bertília realiza a fusão catalista da cultura negra e com a branca, através da linguagem de diferentes textos.

Palavras-chave


Negritice; Identidade; Comunidade imaginada

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, Benedict. 2008. Comunidades Imaginadas: Reflexões Sobre a Origem e a Difusão do Nacionalismo. São Paulo: Companhia das Letras.

ASSIS, Machado de. 2009. Dom Casmurro. São Paulo: Saraiva.

DU BOIS, W. E. B. 1986. The Conservation of Races. Writings : The Suppression of the African Slave-Trade, The Souls of Black Folk, Dusk of Dawn, Essays and Articles. New York: The Library of America. 815-826.

FERREIRA, Ricardo Franklin. 2004. Afro-Descendente: Identidade em Construção. São Paulo: Educ; Rio de janeiro: Pallas.

GATES, Henry Louis, jr. 1988. The Signifying Monkey: A Theory of African-American Literary Criticism. Oxford: Oxford U P.

MARTINS, José Endoença. 1993. Enquanto Isso em Dom Camurro. Florianópolis: Paralelo 27.

MARTINS, José Endoença. 2003. “Negritice: Repetição e Revisão”. O Olho da Cor: Uma Peça em três atos. Blumenau: Edição do Autor. 13-18.

MARTINS, José Endoença. 2003. O Olho da Cor: Uma Peça em Três Atos. Blumenau: Edição do Autor, 2003.

MARTINS, José Endoença. 2009. Enquanto Isso em Dom Casmurro. Blumenau: Edifurb.

MEMMI, A. 1967. Retrato do Colonizado Precedido pelo Retrato do Colonizador. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

MORRISON, Toni. 1994. A Canção de Solomon. São Paulo: Best Seller.

NASCIMENTO, Abdias do. 1979. Sortilégio II: Mistério Negro de Zumbi Redivivo. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

RETAMAR, Roberto Fernández. 1988. Caliban e Outros Ensayos. São Paulo: Busca Vida.

RODÓ, José Enrique. 2004. Ariel. Madrid: Cátedra.

RODRIGUES, Nelson. 1981. “Anjo Negro”. Teatro Completo de Nelson Rodrigues 2: Peça Míticas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira.

SARTRE, Jean-Paul. 1984. “O existencialismo é um humanismo”. O existencialismo é um humanismo; A Imaginação; Questão de Método. São Paulo: Abril Cultural, 1984. 1- 32.

SHAKESPEARE, William. 1999. A Tempestade. Rio de Janeiro: Lacerda.

WHARTON, Edith. 1995. A Época da Inocência. São Paulo: Circulo do Livro.

WEST, Cornel. 1993. “The Dilemma of the Black Intellectual”. Cornel West Keeping Faith: Philosophy and Race in America. London: Routledge. 67-85.

WEST, Cornel. 1994. Questão de Raça. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2009v17p44

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco