Figurações do feminino na literatura indiana contemporânea

Shirley de Souza Gomes Carreira

Resumo


Análise de obras de dois autores indianos contemporâneos, Salman Rushdie e Arundhati Roy, focalizando o modo pelo qual os autores representam o sujeito feminino em uma sociedade marcada pelo discurso patriarcal e por um sistema de castas excludente.

Palavras-chave


Mulher; História; Islã

Texto completo:

PDF

Referências


GOONETILLEKE, D. C. R. A . 1988. Salman Rushdie. London, New York: Macmillan.

HUTCHEON, Linda. 1991. Poética do pós-modernismo. Rio de Janeiro: Imago.

ROY, Arundhati. 2002 [1997]. O deus das pequenas coisas. Tradução de José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras.

RUSHDIE, Salman. 2000 [1983]. Shame: a novel. New York: Picador USA.

RUSHDIE, Salman. 1991. Imaginary Homelands. Essays and criticism 1981-1991. Londres: Granta Books.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1678-2054.2007v9p3

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Publicação do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Estadual de Londrina.  


ISSN: 1678-2054

QUALIS - CAPES 2013-2016: Letras/Linguística: B1 ; Educação: B2

Os artigos têm Identificador de Objeto Digital (DOI). 
 
Índice de Citações dos artigosGoogle Acadêmico

a) índice h1 - (>2016) - 11
b) índice i10 - (>2016) - 14

MIAR - ICDS (2021) - 6.3

Fale conosco