Abertura e competitividade no complexo químico: 1990/1995

Ricardo Marques Teodósio, Marcia Regina Gabardo da Camara

Resumo


O trabalho apresenta um panorama geral do processo de implantação da indústria química no país e analisa as estratégias que conduziram à reestruturação do setor nos últimos anos. O objetivo do trabalho é analisar o comportamento dos setores fornecedores de insumos químicos e de seus principais setores e verificar a evolução da produção, das vendas internas e externas e das importações no período de 1990-95, para comprovar o grau de abertura externa e tecer algumas considerações sobre a competitividade no complexo químico.



Palavras-chave


Complexo Químico, Desempenho, Competitividade, Abertura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.1996v17n3p294

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar