Ajuste e desenvolvimento na América Latina: revisitando a teoria da dependência

Ronaldo Baltar

Resumo


A intenção do texto é a de levantar elementos para a reflexão sobre as possíveis relações entre a noção de ajuste e as possibilidades de desenvolvimento dos países latino-americanos, em especial o Brasil, através do confronto entre análises que prevêem a superação dos desequilíbrios internos e a retomada do ritmo de desenvolvimento via ajustes incondicionais ao sistema financeiro internacional, em contraste a alguns pontos revisitados da teoria da dependência.



Palavras-chave


Desenvolvimento; Dependência; Modernidade; Ajuste Estrutural

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.1993v14n3p178

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar