Da colônia à primeira republica: um balanço das idéias pedagógicas no Brasil

Silza Maria Pazello Valente

Resumo


A análise das idéias pedagógicas, desde a Colônia até a Primeira República, evidencia que política e economia se articularam no sentido de direcionar a educação. Evidencia, também, que, no universo pedagógico, surgiram propostas apontando caminhos que visavam livrar a educação formal da opressão. pesquisa desenvolvida demonstrou que existiam dois projetos educacionais antagônicos na vigência da Primeira República. Um oficial influenciado pelas idéias pedagógicas dos jesuítas, e outro proposto pelos socialistas -anarquistas e comunistas -, que pretendia responder As exigências de um momento histórico no qual as relações de trabalho passavam por uma profunda transformação. Ambos foram superados por um terceiro projeto da Escola Nova que invadiu o espaço pedagógico com um ideário importado da Europa e dos Estados Unidos, e possibilitou que uma classe que se via ameaçada -burguesia -se reconstituísse e continuasse a exercer a hegemonia.


Palavras-chave


Educação; Idéias pedagógicas; CoIônia; Primeira Republica; Anarquistas; Comunistas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.1992v13n3p195

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar