Universidade centrada em aluno: um modelo contingencial

Alexandre do Espírito Santo

Resumo


O ensino universitário não deve ser usado apenas como um meio para transmitir conhecimento. A preparação do aluno para a vida requer uma abordagem holística. Sugere-se que tal abordagem é possível, através da aplicação de um modelo contingencial, pelo qual o aluno é o centro de todo trabalho docente e do departamento. Segundo o modelo, o departamento deve distribuir seus membros em três conjuntos integrados de professores: instrutores, pesquisadores e orientadores. Discute-se e contrastam-se os papéis dos professores nesses conjuntos.



Palavras-chave


Educação Universitária; Professor-Orientador; Aluno-Formação Holística; Departamento Universitário-aluno; Docentes-Funções.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.1986v7n2p88

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar