Perfil de tutores e coordenadores de cursos EAD da Universidade Federal de Santa Catarina

Marília Ribas Machado, Julio Eduardo Ornelas Silva, Andressa Sasaki Vasques Pacheco, Pedro Antônio de Melo

Resumo


O alcance de resultados satisfatórios na educação a distância demanda o uso eficiente de diversos recursos materiais e intangíveis aliados a uma equipe capacitada para atuar nessa modalidade de ensino. Dessa forma, a pesquisa apresentada neste artigo objetivou analisar o perfil de tutores e coordenadores dos polos de apoio presencial localizados nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, cujos cursos de graduação a distância estão sob a tutela da Universidade Federal de Santa Catarina. Para atender ao objetivo, a metodologia englobou a aplicação de questionários aos agentes em análise, propiciando dados quantitativos sobre seus perfis. Os resultados apontam que a maior parcela dos coordenadores e tutores analisados são do gênero feminino, com idades entre 36 e 55 anos, possuindo em sua grande maioria especialização, exercendo as funções de tutor, coordenadores dos polos e de ensino, residindo nas mesmas cidades onde os cursos são ofertados e consideram-se de maneira geral, satisfeitos com suas atribuições.

Palavras-chave


Ensino a Distância; Gestão Universitária; Perfil; Tutor; Coordenador

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2016v37n1p39

Semina, Ciênc. Soc. Hum.

email: seminahumanas@uel.br
E-ISSN: 1679-0383

DOI: 10.5433/1679-0383


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

SalvarSalvarSalvarSalvar