Vias biliares intra e extra-hepáticas de marreco-de-pequim (Anas boscas)

Juarez Cezar Borges de Aquino, Eduardo Rafael da Veiga Neto, José Carlos de Araújo, Maria Aparecida Vivan de Carvalho, Célia Cristina Fornaziero

Resumo


As vias biliares intra e extra-hepáticas de 38 marrecos-de-pequim adultos, provenientes de Jundiaí, estado de São Paulo, após injeção de Neoprene Látex 650 corado de verde e fixação em solução aquosa de formol a 10%, foram dissecados sob lupa odontológica, fotografados e desenhados esquematicamente. A via biliar intra-hepática no lobo esquerdo mostrou-se constituída por três ductos coletores biliares em 76,3% das amostras e, em 23,7% dos casos, está presente um quarto coletor, originado no segmento caudal, drenando para o ducto hepatoduodenal. No lobo direito, em 100% das amostras ocorreram quatro ductos coletores dos segmentos craniomedial superficial, craniomedial profundo, lateral e caudal (ventrocaudal). No que se refere à via biliar extra-hepática, ela esteve constituída por três ductos visíveis no hilo hepático em 36 amostras (94,7%): hepatoduodenal, hepatocístico e císticoduodenal. Em duas amostras (5,3%) não foi observado o ducto hepatocístico. Em 100% das peças, os ductos hepatoduodenal e císticoduodenal, alcançaram o duodeno. Em seis amostras (15,8%), além do ducto hepatocístico, a vesícula biliar foi alcançada diretamente por ductos coletores biliares do lobo direito. A vesícula biliar não foi alcançada pelo ducto hepatocístico em duas peças (5,3%).

Palavras-chave


Anatomia; Fígado; Vias biliares; Marrecos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2011v32n2p235

Direitos autorais 2016 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
ISSN Print: 1676-5435

EISSN: 1679-0367