Anestesia total intravenosa para tratamento endodôntico em Panthera leo: relato de caso

Larissa Colli Trebien, Flávio Augusto Vieira Freitag, Celina Tie Duque Nishimori, Marcelo Bonat, Ricardo Guilherme D' Otaviano de Castro Vilani

Resumo


Animais presentes em zoológicos frequentemente necessitam de captura e anestesia para a realização de procedimentos clínicos e cirúrgicos. A anestesia total intravenosa apresenta vantagens como redução do estresse cirúrgico e menor depressão cardiovascular e respiratória, entretanto, ainda são escassas as pesquisas dedicadas dentro deste contexto. Nesse sentido, o objetivo deste relato foi avaliar o protocolo anestésico empregado, visando um procedimento seguro e passível de reversão para a espécie silvestre selecionada. Acompanhou-se a anestesia de um leão (Panthera leo), macho, adulto, proveniente do Zoológico Municipal de Curitiba, submetido a procedimento endodôntico. A medicação pré-anestésica constituiu-se de dexmedetomidina (6µg/kg), metadona (0,2mg/kg), midazolam (0,1mg/kg) e tiletamina-zolazepam (1,2mg/kg). A indução foi realizada com propofol (1mg/kg) e o animal foi intubado. Visando promover analgesia local, fora realizado bloqueio infraorbitário esquerdo com 5mL de lidocaína a 2%. A manutenção foi realizada por meio do fornecimento de propofol (0,02-0,1mg/kg/h), dexmedetomidina (0,5mg/kg/h) e remifentanil (5mg/kg/h). Pôde-se concluir que o protocolo realizado se mostrou tanto eficaz quanto seguro para a referida espécie encaminhada ao procedimento em questão.


Palavras-chave


Infusão contínua de propofol; Animais selvagens; Endodontia

Texto completo:

PDF

Referências


Aguiar AJA. Anestesia intravenosa total. In: Fantoni DT, Cortopassi SRG. Anestesia em cães e gatos. 2ª ed. São Paulo: Roca; 2010. p. 275-97.

Aoki M, Wakuno A, Kushiro A, Mae N, Kakizaki M, Nagata SI, et al. Evaluation of total intravenous anesthesia with propofol-guaifenesin-medetomidine and alfaxalone-guaifenesin-medetomidine in Thoroughbred horses undergoing castration. J Vet Med Sci. 2017;79(12):2011-18. doi: 10.1292/jvms.16-0658.

Augusto MM. Anestesia intravenosa total [dissertação]. Curitiba: Universidade Federal do Paraná; 2010.

Bagatini A, Gomes CR, Masella MZ, Rezer G. Dexmedetomidina: farmacologia e uso clínico. Rev Bras Anestesiol[Internet]. 2002 [citado 2021 abr 15]; 52(5): 606-17. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rba/v52n5/v52n5a12.pdf

Bharathidasan M, William BJ, Jayaprakash R, Kannan TA, Thirumurugan R, George RS. Immobilization and anaesthesia in Asiatic lions (Panthera leo Persica). Adv Anim Vet Sci. 2016;4(3): 134-44. doi: 10.2139/ssrn.3524484

Camu F, Lauwers M, Vanlersberghe C. Anestesia venosa total. In: White PF. Tratado de anestesia venosa. Porto Alegre: Artmed; 2001. p. 563-77.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0367.2022v43n1p167

Direitos autorais 2022 Semina: Ciências Biológicas e da Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semina: Ciênc. Biol. Saúde

email: seminabio@uel.br

Londrina - PR
EISSN: 1679-0367