Estrutura de uma população de Prosopis juliflora (Sw.) DC. estabelecida no leito de um rio temporário na Microrregião do Cariri Paraibano

Lamartine Soares Bezerra de Oliveira, Leonaldo Alves de Andrade, Juliano Ricardo Fabricante, Gerlândio Suassuna Gonçalves

Abstract


 

O objetivo deste trabalho foi avaliar a estrutura de uma população de P. juliflora estabelecida no leito do rio Serra Branca, no município de São João do Cariri, Paraíba. Dezenove meses após a última enchente foram demarcados 30 transectos equidistantes 25 m. Ao longo dos transectos 191 pontos quadrantes foram plotados (distantes 5 m das margens do rio e entre pontos) e 764 indivíduos de P. juliflora foram amostrados. Os indivíduos mais próximos do centro de intersecção de cada ponto quadrante foram mensurados, tomando-se a distância entre estes e o ponto, o diâmetro ao nível do solo (DNS) e a altura total. Constatou-se uma distância média de 2,04 m entre indivíduos (densidade estimada de 2.403 indivíduos.ha-1), com diâmetro variando de 0,12 a 8,27 cm e altura das plantas de 0,01 a 3,0 m. A população de P. juliflora era formada, predominantemente, por indivíduos regenerantes, o que evidencia que o processo de ocupação da área pela referida invasora ainda estava em estágio inicial e médio de invasão. Os resultados, em particular o rápido crescimento em diâmetro e altura dos indivíduos jovens, enfatizam a capacidade de P. juliflora de ocupar novos nichos, o que lhe assegura vantagens competitivas, em relação às espécies autóctones.


Keywords


Caatinga; Estrutura de população; Algaroba.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n5p1769

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional