Potassium nitrate to overcome dormancy of Urochloa humidicola Comum seeds

Thaís Soares Pereira, Tatiane Sanches Jeromini, Breno Rosa Neves, Renato Téo de Barros, Cibele Chalita Martins

Abstract


The main difficulty with propagating Urochloa humidicola Comum is the high percentage of seed dormancy. Thus, the objective of this study was to develop a treatment to overcome seed dormancy and promote seed germination of this species that can be applied at a large scale. This study was conducted in two stages. First, the following treatments were evaluated using one seed lot: control (without treatment), immersion in H2SO4 (98%, 36N) for 10 min, moistening the germination substrate with KNO3 (0.2%) and immersion in KNO3 at concentrations of 0%, 2%, 4%, 6%, and 8% for periods of 12, 24, 36, and 48 h, followed by drying in the shade. In the second stage, three seed lots were evaluated in all of the aforementioned treatments, except for those of immersion in 0% KNO3 and of all concentrations for 36 and 48 h. The seeds were evaluated for water content, germination, percentage of abnormal seedlings, dead and dormant seeds, first count, and average germination time. Immersion in the KNO3 solution was efficient in overcoming dormancy and promoting germination. To be used by companies, the immersion of seeds in a 4% KNO3 solution for 24 h was the most suitable treatment to overcome dormancy and promote the germination of U. humidicola Comum seeds.

Keywords


Urochloa humidicola; Quicuio grass; Forage; Germination; KNO3; Physiological potential.

Full Text:

PDF

References


Alves, A. M., Spósito, T. H. N., Martins, F. B., Pinto, L. E .V., Bavaresco, L. G., Soldá, R. B.,... Teixeira, W. F. (2017). Superação de dormência em Brachiaria humidicola com ácido sulfúrico em diferentes estágios de armazenamento. Colloquium Agrariae, 13(Esp.), 196-202. doi: 10.5747/ca.2017.v13.nesp. 000193

Araújo, R. F., Zonta, J. B., Araújo, E. F., Heberle, E., & Zonta, F. M. G. (2011) Teste de condutividade elétrica para sementes de feijão-mungo-verde. Revista Brasileira de Sementes, 33(1), 123-130. doi: 10. 1590/S0101-31222011000100014

Barbosa, J. C., & Maldonado, W., Jr. (2015). AgroEstat - Sistema para análises estatísticas de ensaios agronômicos. Jaboticabal, SP: FUNEP.

Betoni, R., Scalon, S. P. Q., & Mussury, R. M. (2011). Salinidade e temperatura na germinação e vigor de sementes de mutambo (Guazuma ulmifolia LAM.) (Sterculiaceae). Revista Arvore, 35(1), 605-616. doi: 10.1590/s0100-67622011000400004

Binotti, F. F. S., Sueda, C. I., Jr., Cardoso, E. D., Haga, K. I., & Nogueira, D. C. (2014). Tratamentos pré-germinativos em sementes de Brachiaria. Revista Brasileira de Ciências Ágrarias, 9(4), 614-618. doi: 10.5039/agraria.v9i4a2781

Bonome, L. T. S., Guimarães, R. M., Oliveira, J. A., Andrade, V. C., & Cabral, P. S. (2006). Efeito do condicionamento osmótico em sementes de Brachiaria brizantha cv. Marandu. Ciência e Agrotecnologia, 30(3), 422-428. doi: 10.1590/S1413-70542006000300006

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (2009). Regras para Análise de Sementes. Brasília, DF: Mapa/ACS: Brasília.

Cardoso, E. D., Sá, M. E., Haga, K. I., Binotti, F. F. S., & Costa, E. (2015). Qualidade fisiológica e composição química de sementes de Brachiaria brizantha em função do condicionamento osmótico. Revista de Agricultura Neotropical, 2(2), 42-48. doi: 10.32404/rean.v2i2.264

Carvalho, D. B., & Carvalho, R. I. N. (2009). Qualidade fisiológica de sementes de guanxuma em influência do envelhecimento acelerado e da luz. Acta Scientiarum Agronomy, 31(3), 489-494. doi: 10.4025/ actasciagron.v31i3.585

Carvalho, N. M., & Nakagawa, J. (2012). Sementes: Ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal, SP: FUNEP.

Costa, C. J., Araújo, R. B., & Villas Bôas, H. D. C. (2011). Tratamentos para a superação de dormência em sementes de Brachiaria humidicola (Rendle) schweick. Pesquisa Agropecuária Tropical, 41(4), 519-524. doi: 10.5216/pat.v41i4.15100

Dias, N. S., Blanco, F. F., Souza, E. R., Ferreira, J. F., Sousa, O. N., Neto, & Queiroz, Í. S. R. (2016). Efeitos dos sais na planta e tolerância das culturas à salinidade. In Manejo da salinidade na agricultura: estudos básicos e aplicados pp. 151-162. Fortaleza, CE: Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Salinidade.

Euclides, V. P. B., Valle, C. B., Macedo, M. C. M., Almeida, R. G., Montagner, D. B., & Barbosa, R. A. (2010). Brazilian scientific progress in pasture research during the first decade of XXI century. Revista Brasileira de Zootecnia, 39(Suppl. Spe.), 151-168. doi: 10.1590/s1516-35982010001300018

Gazola, D., Zucareli, C., & Camargo, M. C. (2014). Comportamento germinativo de sementes de cultivares de milho sob condições de hipoxia. Científica, 42(3), 224-232. doi: 10.15361/1984-5529.2014v42n3 p224-232

Libório, C. B., Verzignassi, J. R., Fernandes, C. D., & Lima, N. D. (2018). Superação da dormência em sementes de Brachiaria humidicola cv. BRS Tupi pelo uso de ácido giberélico. Revista de Ciências Agrárias, 61(18), 1-9. doi: 10.22491/rca.2018.2601

Libório, C. B., Verzignassi, J. R., Fernandes, C. D., Valle, C. B., Lima, N. D., & Monteiro, L. C. (2017). Potassium nitrate on overcoming dormancy in Brachiaria humidicola ‘BRS Tupi’ seeds. Ciência Rural, 47(6), 1-8. doi: 10.1590/0103-8478cr20160500

Lopes, J. C., & Macedo, C. M. P. (2008). Germinação de sementes de couve chinesa sob influência do teor de água, substrato e estresse salino. Revista Brasileira de Sementes, 30(3), 79-85. doi: 10.1590/S0101-31222008000300011

Macedo, E. C., Groth, D., & Lago, A. A. (1994). Efeito de escarificação com ácido sulfúrico na germinação de sementes de Brachiaria humidicola (Rendle) Schweick. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 29(2), 455-460. doi: 10.1590/S0101-31222007000200020

Marcos, J., Fº. (2015). Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Londrina, PR: ABRATES.

Martins, C. C., & Silva, W. R. (1998). Superação da dormência de sementes de capim colonião. Planta Daninha, 16(2), 77-84. doi: 10.1590/s0100-83581998000200001

Martins, C. C., Velini, E. D., & Martins, D. (1997). Superação da dormência de sementes de capim-carrapicho. Planta Daninha, 15(1), 61-71. doi: 10.1590/S0100-83581997000100008

Martins, L., & Silva, W. R. (2001). Comportamento da dormência em sementes de braquiária submetidas a tratamentos térmicos e químicos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 36(7), 997-1003. doi: 10.1590/S0 100-204X2001000700010

Melo, L. F., Martins, C. C., Silva, G. Z., Boneti, J. E. B., & Vieira, R. D. (2016). Beneficiamento na qualidade física e fisiológica de sementes de capim-mombaça. Revista Ciência Agronômica, 47(4), 667-674. doi: 10.5935/1806-6690.20160080

Mendonça, G. S., Martins, C. C., Martins, D., & Lopes, M. T. G. (2015). Aspectos físicos e fisiológicos de sementes de Fimbristylis dicothoma relacionados à germinação e dormência. Revista Ciência Agronômica, 46(3), 539-545. doi: 10.5935/1806-6690.20150036

Moreira, D. A. L. (2014). Superação da dormência em sementes de Brachiaria humidicola cv. BRS Tupi durante o armazenamento. Dissertação de mestrado, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, Botucatu, SP, Brasil.

Oliveira, G. M., Matias, J. R., Silva, P. P., Ribeiro, R. C., & Dantas, B. F. (2014). Germinação de sementes de Aroeira-do-sertão (Myracrodruon urundeuva Fr. All) e Mororó (Bauhinia cheilantha (Bong) Stend.) em diferentes condutividades elétricas. Revista Sodebras, 9(104), 70-73.

Schossler, T. R., Machado, D. M., Zuffo, A. M., Andrade, F. R., & Piauilino, A. C. (2012). Salinidade: efeitos na fisiologia e na nutrição mineral de plantas. Enciclopédia Biosfera, 8(15), 1563-1578.

Silva, G. Z., Martins, C. C., Cruz, J. O., Jeromini, T. S., & Bruno, R. L. A. (2017). Evaluation the physiological quality of Brachiaria brizantha cv. BRS “Piatã” seed. Bioscience Journal, 33(3), 572-580. doi: 10.14393/BJ-v33n3-36519

Steiner, F., Oliveira, S. S. C., Martins, C. C., & Cruz, S. J. S. (2011). Comparação entre métodos para a avaliação do vigor de lotes de sementes de triticale. Ciência Rural, 41(2), 200-204. doi: 10.1590/s0103-84782011005000011

Tomaz, C. D. A., Martins, C. C., Silva, G. Z., & Vieira, R. D. (2016). Period of time taken by Brachiaria humidicola (Rendle) Scheweick seed to complete germination. Semina:Ciências Agrárias, 37(2), 693-700. doi: 10.5433/1679-0359.2016v37n2p693

Torres, F. E., Anderson, J. P., Teodoro, P. E., Ribeiro, L. P., Corrêa, C. G., & Silva, F. A. (2016). Eficiência de tratamentos químicos e térmico na quebra de dormência de três espécies de Brachiaria. Revista de Ciências Agrárias, 39(2), 210-215. doi: 10.19084/rca15094

Verzignassi, J. R., Silva, J. I., Fernandes, C. D., Jesus, L., Corado, H. S., Libório, C. B.,... Putrick, T. C. (2013). Ácido sulfúrico na superação de dormência em sementes de Brachiaria humidicola BRS Tupi. Congresso Brasileiro de Sementes. Florianópolis, SC, Brasil.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2021v42n3p963

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional