Controle do porte de girassol ornamental com daminozide

Francine Lorena Cuquel, Maria Carolina Sabbagh, Ana Cláudia Barneche de Oliveira

Abstract


Novas cultivares de girassol (Helianthus annuus L.) com características ornamentais foram desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA-CNPSoja). Embora apresente potencial ornamental, o hibrido ‘BRS-Oasis’ apresenta altura superior a dois metros, a qual não é adequada para cultivo como planta ornamental. O objetivo deste trabalho foi reduzir seu porte, sem reduzir os diâmetros da haste e da inflorescência, para cultivo como flor de corte em estufa e como planta envasada.  Este regulador foi aplicado duas a três vezes durante o ciclo, nas concentrações de 4.000 mg.L-1, 6.000 mg.L-1 ou 8.000 mgL-1. Como controle foi utilizada a aplicação de água. A redução do porte, sem redução dos diâmetros da haste e da inflorescência, foi obtida aplicando-se Daminozide duas vezes na concentração de 6.000 mg.L-1 ou três vezes na concentração de 4.000 mg.L-1. A altura das plantas favoreceu o cultivo em estufa, entretanto o porte não foi reduzido o suficiente para cultivo em vaso.


Keywords


Helianthus annuus; B-nine; Regulador de crescimento vegetal; Inibidor de crescimento; Floricultura



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2010v31n4Sup1p1187

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433 / 1679-0359
E-mail:  semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional