Uso de PCR universal de hemoplasma para avaliação de cavalos altamente expostos a picadas de carrapato no Sul do Brasil

Thállitha Samih Wischral Jayme Vieira, Odilon Vidotto, Ana Márcia Sá Guimarães, Andrea Pires dos Santos, Naíla Cannes do Nascimento, Mariane Angélica Pommerening Finger, Ivan Roque Barros-Filho, Peterson Triches Dornbusch, Alexander Welker Biondo, Rafael Felipe da Costa Vieira, Joanne Belle Messick

Abstract


Mycoplasma sp. são bactérias hemotrópicas dos eritrócitos e é o agente causador da hemoplasmose. O diagnóstico da infecção é realizado pela reação em cadeia da polimerase (PCR) e PCR em tempo real (qPCR) baseada no gene 16S RNA desta bactéria. O objetivo deste estudo foi avaliar cavalos para a infecção por Mycoplasma sp. utilizando um protocolo de SYBR green qPCR universal para hemoplasmas. Um total de 198 amostras de sangue de cavalos foram coletadas, o DNA foi extraído e a qPCR universal para hemoplasmas realizado. Todas as amostras foram negativas pela qPCR. Para verificar a presença de DNA amplificável, PCR para o gene gliceraldeído-3-fosfato desidrogenase foi realizada em todas as amostras. Este estudo foi parte de um programa de vigilância ativa, o qual é crucial para o monitoramento do estado de saúde animal, particularmente em cavalos.


Keywords


Micoplasma hemotrópico; Hemobartonelose; Cavalos de carroceiros; PCR em tempo Real.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n1p291

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional