Níveis nutricionais de treonina digestível para poedeiras semipesadas de 75 a 90 semanas de idade

Márcia Antonia Bartolomeu Agustini, Ricardo Vianna Nunes, Christiane Garcia Vilela, Sabrina Endo Takahashi, Valter Oshiro Vilela, Rachel Santos Bueno, Clauber Polese

Abstract


Conduziu-se um experimento no Núcleo de Unidades de Ensino e Pesquisa da Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Campus de Dois Vizinhos - PR, com o objetivo de determinar os níveis nutricionais de treonina digestível para poedeiras comerciais, no período de 75 a 90 semanas de idade. Foram utilizadas 150 poedeiras Shaver Brown semipesadas num delineamento inteiramente casualizado (DIC), submetidas à uma ração basal contendo 2,85 Kcal EM/g, 148,7g/kg de PB, suplementada com 4,6; 4,9; 5,2; 5,5 e 5,8g/kg de L-treonina digestível (98%), que forneceu 0,000; 0,027; 0,058; 0,089 e 0,120% de treonina digestível, respectivamente. A conversão alimentar, a produção de ovos, o peso do ovo, massa de ovos e a qualidade interna dos ovos não foram influenciados (P>0,05) pelos níveis de treonina na dieta. A unidade Haugh e o consumo de treonina apresentaram efeito linear à medida em que aumentavam os níveis do aminoácido digestível na dieta. As variáveis porcentagem de albúmen e casca apresentaram efeito quadrático e os níveis nutricionais de treonina digestível recomendados foram de 5,20g/kg, o que corresponde a 0,648 g de treonina/ave/dia e, 5,25g/kg que equivale a 0,654 g de treonina/ave/dia, respectivamente. A gravidade específica foi afetada pelos níveis de treonina digestível, e o nível indicado é de 5,22g/kg, que equivale a 0,651 g de treonina/ave/dia obtido por meio de efeito quadrático.


Keywords


Aminoácido digestível; Desempenho; Qualidade do ovo.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n6p3449

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433 / 1679-0359
E-mail:  semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional