Dinâmica folicular ovariana de vacas Nelore (Bos indicus) submetidas a um protocolo de inseminação artificial em tempo fixo com progesterona injetável

Fábio Morotti, Jefferson Tadeu Campos, Eduardo Raele Oliveira, Marcelo Marcondes Seneda

Abstract


O objetivo deste estudo foi avaliar a dinâmica folicular ovariana de vacas Nelore submetidas à inseminação artificial em tempo fixo (IATF) com progesterona injetável (P4) ou dispositivo intravaginal. No grupo dispositivo, 20 vacas receberam um dispositivo intravaginal com 1 g P4 e 2 mg benzoato de estradiol (BE) por via intramuscular (im) no D0. No D8 o dispositivo foi removido e 500 ?g cloprostenol, 300 UI gonadotrofina coriônica equina (eCG) e 1 mg cipionato de estradiol (CE) foram aplicados, im. As vacas foram inseminadas 48h após o CE. No grupo injetável, 16 vacas receberam 350 mg P4 (300 mg, subcutânea e 50 mg, im) e 2 mg BE im no D0. No D6, 500 mg cloprostenol, 300 UI eCG e 1 mg CE foram administradas im. A IATF foi realizada 48h após o CE. No grupo dispositivo, 65% (13/20) e no grupo injetável 75% (12/16) das vacas apresentaram folículos ? 5 mm no D4 (p>0,05). A taxa média de crescimento folicular foi de 0,92±0,25 mm/dia para o grupo dispositivo e 1,06±0,45 mm/dia para o grupo injetável (p>0,05). O diâmetro médio do folículo dominante na IATF foi 11,4±1,4 mm para o grupo dispositivo e 10,8±1,8 mm para o injetável (p>0,05). O diâmetro médio do folículo ovulatório foi 12,1±1,4 mm no grupo dispositivo e 12,3±1,6 mm no grupo injetável (p>0,05). A ovulação ocorreu em 90% (18/20) do grupo dispositivo e 37,5% (6/16) do grupo injetável (p< 0,05). O diâmetro médio do corpo lúteo foi 18,7±4,3 mm para o grupo dispositivo e 17,7±3,6 mm para o grupo injetável. A P4 injetável mostrou semelhança na presença de folículos ? 5 mm no D4, na taxa de crescimento folicular, no diâmetro do FD, do FO e do CL. No entanto, a taxa de ovulação foi maior no grupo dispositivo.


Keywords


Bos indicus; Ultrassonografia; Crescimento folicular; Ovulação; Folículo dominante.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n6Supl2p3859

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433 / 1679-0359
E-mail:  semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional