Atributos químicos no solo e produção de alfafa sob doses de biofertilizante

Rodrigo Luis Lemes, Cecílio Viega Soares Filho, Manoel Garcia Neto, Reges Heinrichs

Abstract


O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de doses de biofertilizante na produção de matéria seca da parte aérea, raízes e nódulos da alfafa, e os atributos químicos do solo. O experimento foi realizado em casa de vegetação do Departamento de Apoio, Produção e Saúde Animal da Faculdade de Medicina Veterinária/UNESP, Campus de Araçatuba – SP, de maio a outubro de 2010. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, sendo seis doses de biofertilizante (0, 25, 50, 100, 200 e 400 m3 ha-1) e cinco repetições. As doses de biofertilizante foram consideradas como tratamentos principais e os cortes (cinco) como subparcelas. Os cortes foram realizados, em média, a cada 27 dias, a 10 cm de altura do solo. Ao final do experimento foram coletadas as raízes, nódulos e o solo de todas as unidades experimentais para análise química. Foi observado aumento linear na produção de matéria seca da parte aérea em relação as doses estudadas. A produção de matéria seca de raiz e nódulos não apresentaram diferença significativa. Para os atributos químicos do solo ocorreu resposta positiva para os teores de cálcio, magnésio, soma de bases e saturação de bases com a aplicação do biofertilizante. O biofertilizante pode ser utilizado como insumo na agropecuária para melhorar a produção e alterar favoravelmente os atributos do solo.


Keywords


Chorume bovino; Medicago sativa; Nitrogênio; Nódulos; Raízes.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n5p2211

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433 / 1679-0359
E-mail:  semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional