Balanço de fósforo e potássio no solo sob rotação de culturas e adubações

Fabio Steiner, Laércio Augusto Pivetta, Gustavo Castoldi, Mônica Sarolli Silva de Mendonça Costa, Luiz Antonio de Mendonça Costa

Abstract


A utilização de rotação de culturas e a aplicação de esterco pode conferir sustentabilidade ao sistema de produção agrícola, por melhorar a qualidade do solo e aumentar a eficiência de uso de nutrientes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da adubação mineral, orgânica e mineral+orgânica na produtividade de grãos e no balanço de fósforo e de potássio no solo em dois sistemas de culturas sob plantio direto, com e sem rotação de plantas de cobertura. O experimento foi conduzido em Marechal Cândido Rondon, Paraná, Brasil, de 2006 a 2008, em um Latossolo Vermelho. A sequência de culturas no sistema em rotação com plantas de cobertura foi aveia preta + ervilhaca + nabo/milho/guandu/trigo/mucuna + braquiária + crotalária / milho, e no sistema em sucessão foi  trigo/milho/trigo/soja/milho. As adubações, orgânica e mineral+orgânica consistiram, respectivamente, da aplicação de esterco e de esterco combinado com fertilizante mineral. O balanço de P e de K no solo foi avaliado, após o segundo ano de condução do experimento, na camada de 0,0–0,40 m de profundidade. A produtividade do milho, no primeiro ano, foi superior na sucessão de culturas e na adubação mineral. No segundo ano, a produtividade de trigo e de soja não se alterou entre os sistemas de culturas e fontes de nutrientes, o que demonstra o efeito residual da rotação de culturas e do uso de esterco. Rotação de culturas com plantas de cobertura proporcionou aumento na quantidade de K no solo, por favorecer o processo de ciclagem deste nutriente do solo. Ambos os sistemas de culturas associados à aplicação fertilizante mineral e esterco de forma isolada ou combinada resultaram em saldo negativo do balanço de P e K no solo em curto prazo, representando uma ameaça para a sustentabilidade do sistema de produção em longo prazo, devido o esgotamento das reservas desses nutrientes do solo.


Keywords


Adubação orgânica; Fertilizante; Plantas de cobertura; Nutriente do solo; Plantio direto.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2012v33n6p2173

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433 / 1679-0359
E-mail:  semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional