O controle social como instrumento político na gestão do orçamento público

Rodrigo de Souza Filho

Resumo


O artigo problematiza a questão do controle social a partir da perspectiva de classe. Dessa forma, o ponto central do debate teórico se encontra no entendimento do Estado enquanto expressão da dominação de classe presente na sociedade civil, para garantir a manutenção e a reprodução das relações sociais estabelecidas pela ordem do capital. Assim, fortalecer o processo de democratização do orçamento público significa, em última instância, defender uma determinada estrutura de arrecadação e gasto público que expresse um projeto de sociedade marcado pela distribuição de renda, riqueza e poder.


Palavras-chave


Estado; Controle social; Orçamento público.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2318-9223.2018v6n0p62

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


AS SUBMISSÕES PARA ESTE PERIÓDICO FORAM DESCONTINUADAS. DETALHES NA CAPA: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ros/index

ISSN: 2318-9223

 

QUALIS-CAPES: B5 - ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E TURISMO

Indicadores e diretórios: