Economia solidária no Brasil: comparativo dos mapeamentos de 2007 e 2014

Lucas Henrique de Souza, Luís Miguel Luzio dos Santos

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar as principais transformações no perfil dos Empreendimentos de Economia Solidária (EES) no Brasil, por meio da análise dos Atlas da Economia Solidária realizados pela Secretaria Nacional da Economia Solidária publicados nos anos de 2007 e 2014. Tais empreendimentos buscam formas alternativas ao capitalismo para viabilizar trabalho, renda e melhoria de vida dos participantes. Ao analisar tais mapeamentos, pretendeu-se levantar os motivos que levaram à criação destes estabelecimentos, quais principais formas de organização, quais maneiras de participação social, identificar como ocorre a comercialização e dificuldades enfrentadas. A pesquisa empírica revelou que, apesar da diminuição dos EES no período compreendido do estudo, diversas características passaram a ter mais força, como maior participação de mulheres e acentuada diminuição das dificuldades de comercialização enfrentadas pelos empreendimentos. Foi possível observar que o apoio técnico recebido pelos EES é de vital importância para seu desenvolvimento.


Palavras-chave


Economia solidária; Cooperativismo; Autogestão; Sustentabilidade; Socioeconomia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2318-9223.2019v7n1p119

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


AS SUBMISSÕES PARA ESTE PERIÓDICO FORAM DESCONTINUADAS. DETALHES NA CAPA: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ros/index

ISSN: 2318-9223

 

QUALIS-CAPES: B5 - ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E TURISMO

Indicadores e diretórios: