Interfaces do discurso sustentável na noção contemporânea de carreira

Márcia de Freitas Duarte, Diego de Queiroz Machado, André Luis Silva

Resumo


Este artigo, teórico-empírico de natureza qualitativa, utiliza a narrativa cinematográfica Up in the Air para ilustrar e discutir o modo como as pessoas são impactadas pelos constantes questionamentos e decisões acerca de suas carreiras na vida contemporânea e como lidam com isso. Apresenta também a interface do discurso sustentável na noção contemporânea de carreira. A base teórica privilegia o uso dos conceitos de modernidade tardia e líquida, oriundos da Sociologia, e do construto carreira, sob a perspectiva dos Estudos Organizacionais. Concluímos que a relação entre indivíduo e organização se tornou líquida. As pessoas são vistas como únicas responsáveis por seu sucesso ou fracasso e, portanto, são compelidas a assumir a gestão de suas carreiras. Essa nova postura é caracterizada por questionamentos do indivíduo acerca de suas habilidades, como atender aos discursos sustentáveis das organizações e como lidar com a sensação de ansiedade, que parece ser a única certeza em suas carreiras.

Palavras-chave


Carreira; Narrativa cinematográfica; Organizações; Discurso sustentável.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2318-9223.2018v6n1p23

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


AS SUBMISSÕES PARA ESTE PERIÓDICO FORAM DESCONTINUADAS. DETALHES NA CAPA: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ros/index

ISSN: 2318-9223

 

QUALIS-CAPES: B5 - ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E TURISMO

Indicadores e diretórios: