Estudo de suportes para placas de sinalização viária visando atendimento de decreto sobre o Desenvolvimento Sustentável

Thiago Costacurta, Eudes Cristiano Vargas

Resumo


Com base no Decreto Municipal 1668/2013, que visa ao desenvolvimento sustentável para compras feitas por meio de licitações no Município de Curitiba/PR, e as diretrizes que ele aponta, foram comparados os custos para produção inicial e eficiência na utilização de água e energia para produção de suportes para placas de sinalização vertical fabricadas a partir de polímeros reciclados e de aço galvanizado. A indústria siderúrgica é notadamente conhecida pelo grande consumo de energia e de matérias-primas em seus processos produtivos e o polímero reciclado leva uma vantagem inicial, exatamente por ser totalmente constituído de material reciclado. Além da produção do aço, também foi analisada nesse estudo a galvanização a quente, procedimento feito sobre o aço para se garantir uma maior vida útil do suporte. O aço também incorpora um percentual de material reciclado em seu processo produtivo, porém menos da metade da produção mundial utiliza esse método. O suporte polimérico reciclado é totalmente produzido com plástico reciclado e pneus inservíveis também reciclados. Quando comparados esses dados de uso de material reciclado, juntamente com os custos de produção e impactos ambientais, observa-se que os suportes poliméricos reciclados melhor atendem as diretrizes do Decreto priorizadas neste estudo. 


Palavras-chave


Sinalização vertical; Desenvolvimento Sustentável; Polímeros reciclados; Aço galvanizado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2318-9223.2014v2n2p175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


AS SUBMISSÕES PARA ESTE PERIÓDICO FORAM DESCONTINUADAS. DETALHES NA CAPA: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ros/index

ISSN: 2318-9223

 

QUALIS-CAPES: B5 - ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E TURISMO

Indicadores e diretórios: