Estruturação de um modelo de custeio baseado em atividades numa empresa prestadora de serviços

Lucas Facciuto Roschel, Altair Borgert, Flávia Renata de Souza

Resumo


O artigo tem por objetivo estruturar os custos de uma empresa prestadora de serviços com a aplicação do modelo de custeio baseado em atividades (ABC). Trata-se de uma pesquisa aplicada, com abordagem qualitativa e quantitativa, e que visa resultados exploratórios. Realiza-se a coleta dos dados por meio de entrevistas com proprietários e visitas para observação in loco. A elaboração do modelo de custeio se inicia com o levantamento do processo produtivo por meio de um fluxograma, com a identificação das atividades desempenhadas por cada departamento da empresa. Por fim, identificam-se sete direcionadores de atividades que possibilitam o cálculo do custo dos objetos de custeio. Por meio da aplicação do modelo de custeio, conclui-se que o custo de cada encomenda realizada durante o ano de 2011 é de R$ 393,20.


Palavras-chave


Contabilidade de custos. Custeio baseado em atividades. Prestação de serviços.

Texto completo:

PDF

Referências


BEULKE, R.; BERTÓ, D. Gestão de custos e resultado na saúde. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2000.

BEUREN, I. M.; SCHLINDWEIN, N. F. Uso do custeio por absorção e do sistema RKW para gerar informações gerenciais: um estudo de caso em hospital. ABCustos Associação Brasileira de Custos, São Leopoldo, v. III, n. 2, p. 24-47, maio/ago. 2008.

BEZERRA, F. A. et al. Custeio das modalidades de consumo de recursos: um estudo de caso sobre ABC em bancos. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 3, n. 3, p. 71-86, set./dez. 2007.

BORGERT, A.; PASOLD, B. Gestão de custos em escritório de advocacia. Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, v. 1, n. 1, p. 45-67, jan./jun. 2004.

BRIERS, M.; WAI, F.C. The role of actor networks and boundary objects in management accounting change: a field study of an implementation of activity-based costing. Accounting, organizations and society, v. 26, i. 3, p. 237-269, 2001.

COGAN, S. Modelo de custeio baseado em atividades aplicado a decisões de produção de curto prazo. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 17, n. 1, p. 11-27, jan./mar. 2006.

COKINS, G. Learning to love ABC. Journal of Accountancy, p. 37-39, aug, 1999.

COKINS, G.; HICKS, D. Where does the ABC fit amongst the clutter of managerial accounting? Cost Management, v. 21, i. 2, p. 21-28, mar./apr. 2007.

COSTA JUNIOR, A. F. C.; SOUZA, A. A.; COELHO, R. D. P. Aplicabilidade do custeio baseado em atividades em hospitais. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 16, n. 2, p. 83-101, ago. 2005.

DIEHL, C. A.; SOUZA, M. A. Publicações sobre o custeio baseado em atividades (ABC) em congressos brasileiros de custos no período de 1997 a 2006. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 19, n. 4, p. 39-57, out./dez. 2008.

ELIAS, Z. S. et al. Rateio dos custos indiretos: aplicação da análise correlação e regressão. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 50-66, maio/ago. 2009.

FITZSIMMONS, J. A.; FITZSIMMONS, M. J. Administração de serviços. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2000.

HAUSSMANN, D. C. S.; GRIESHABER, C. L. Aplicação do método de custeio ABC em uma instituição privada de educação infantil. Revista de Contabilidade da UFBA, Salvador, v. 3, n. 2, p. 49-64, maio/ago. 2009.

HIRSCH, M. L. Advanced management accounting. 2. ed. London: Thomson Learning, 2000.

HOPPER, T.; MAJOR, M. Extending institutional analysis through theoretical triangulation: regulation and activity-based costing in portuguese telecommunications. European Accounting Review, v. 16, i. 1, p. 59-97, 2007.

INNES, J.; MITCHELL, F.; SINCLAIR, D. Activity-based costing in the U.K.’s largest companies: a comparison of 1994 and 1999 survey results. Management Accounting Research, v. 11, i. 3, p. 349-362, set. 2000.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Pesquisa anual de serviços: comentários. Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 2012.

KAPLAN, R. S.; COOPER, R. Custo e desempenho: administre seus custos para ser mais competitivo. São Paulo: Futura, 1998.

MACOHON, E. R.; BEUREN, I. M. Aplicação do custeio baseado em atividades em uma pequena propriedade rural. Revista de Contabilidade da UFBA, Salvador, v. 3, n. 2, p. 21-35, maio/ago. 2009.

MAJOR, M.; HOPPER, T. Managers divided: implementing ABC in a portuguese telecommunications company. Management Accounting Research, v. 16, i. 2, p. 205-229, jun. 2005.

MARTINS, E. Contabilidade de custos. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MARTINS, E.; ROCHA, W. Métodos de custeio comparados: custos e margens analisados sob diferentes perspectivas. São Paulo: Atlas, 2010.

MAUAD, L. G. A.; PAMPLONA, E. O. ABC/ABM e BSC: Como essas ferramentas podem se tornar poderosas aliadas dos tomadores de decisão das empresas. In: Congresso Internacional de Costos, VIII, 2003, Punta del Este. Anais... Punta del Este: Congresso Internacional de Costos, 2003. Disponível em:

. Acesso em: 08 dez. 2010.

MORGAN, B. F.; ROSA, M. S. Custos em empresas prestadoras de serviços: o conceito de custo e a realidade das empresas. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 17, n. 4, p. 97-111, out./dez. 2006.

MUNARETTO, L. F.; DIEDRICH, M. Custeio variável integrado ao custeio baseado em atividades: estudo de caso em indústria de embalagens para presentes. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 3, n. 1, p. 70-86, jan./abr. 2007.

QUEIROZ, A. D.; COSTA, R.; GOMES, S. M. S. O ABC em uma empresa de desenvolvimento de software: um estudo de caso. Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, v. 1, n. 1, p. 29-44, jan./jun. 2004.

RAIMUNDINI, S. L.; SOUZA, A. A.; BOTELHO, E. M.; STRUETT, M. A. M.; REIS, L. G. Análise da aplicabilidade do sistema ABC em hospitais e congêneres. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 16, n. 2, p. 29-42, ago. 2005.

RICCIO, E. L.; ROBLES JUNIOR, A.; GOUVEIA, J. F. A. O Sistema de Custos Baseados em Atividades nas Empresas de Serviços. In: Congresso Internacional de Costos, V, 1997, Acapulco. Anais... Acapulco: Congresso Internacional de Costos, 1997. Disponível em . Acesso em 08 dez. 2010.

SABADIN, A. L.; GRUNOW, A.; FERNANDES, F. C. Integração do custeio ABC com o método UP: um estudo de caso. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 1, n. 3, p. 21-36, set./dez. 2005.

SOUZA, A. A. et al. Modelagem do custeio baseado em atividades para farmácias hospitalares. Revista de Informação Contábil, Pernambuco, v. 3, n. 1, p. 149-172, jan./mar. 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Estudos Contábeis
ISSN: 2237-0099