Modelo de gestão de custos e processos baseado em atividades e tempo aplicado em uma radiodifusora

Gustavo Dall´Onder, Sandro Rogério dos Santos, Joanir Luís Kalnin

Resumo


O presente estudo tem como objetivo apresentar à aplicação do método de custeio baseado em atividades direcionado pelo tempo (TDABC) em uma radiodifusora comunitária composta por três estações de rádio, pertencente a uma universidade localizada no Rio Grande do Sul. Buscou-se reconhecer os recursos e mapear as atividades desenvolvidas, a fim de, como produto final do estudo, obter-se um modelo de sistema de gestão de custos e processos. O trabalho justifica-se pela carência de um método de controle de custos e pela necessidade de redução deles nas emissoras para, desta forma, tornarem-se autossustentável. O trabalho foi aplicado durante o período de julho a outubro de 2011 utilizando-se do método da pesquisa-ação. Ao final da aplicação, as metas propostas pelo estudo se cumpriram, tendo-se gerado resultados quantificáveis e identificados os recursos e níveis de utilização dos mesmos, bem como a análise comparativa entre as emissoras.


Palavras-chave


Custos. Radiodifusão. Custeio Baseado em Atividades Direcionado pelo Tempo.

Texto completo:

PDF

Referências


ABAP, 2007. Números Oficiais da Indústria da Comunicação e Seu Impacto na Economia Brasileira 2007. Disponível em: . Acesso em: 08 fev. 2011.

ABERT, 2008. A História do Rádio no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 08 fev. 2011.

ASSEF, Roberto. Guia prático de formação de preços: aspectos mercadológicos, tributários e financeiros para pequenas e médias empresas. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

ATELIE DE LETRAS, 2011. Spot de Rádio: criação e produção. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2011.

BORNIA, A. C. Análise gerencial de custos: aplicação em empresas modernas. Porto Alegre: Bookman, 2002.

CREPALDI, S. A. Curso básico de contabilidade de custos. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

FERREIRA, José A., Custos industriais: uma ênfase gerencial. São Paulo: STS, 2007.

IBGE, 2009, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Disponível em: . Acesso em: 08 fev. 2011.

______. Censo Demográfico 2010. Disponível em: . Acesso em: 7 abr. 2011.

KAPLAN, R.S., The Four Stage Model of Cost Systems Design. Management Accounting, v. 71, n. 8, p. 22-26. fev. 1990.

KAPLAN, R.S.; COOPER, R. Custo & Desempenho. São Paulo: Futura, 1998.

KAPLAN, R. S.; ANDERSON, S. R. Time-Driven Activity-Based Costing. Harvard Business Review, v. 82, n.11, p.131-138, nov. 2004.

KAPLAN, R. S.; ANDERSON, S. R. Custeio baseado em atividades e tempo. Time-driven activity-based costing - o caminho prático e eficaz para aumentar a lucratividade. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

MARTINS, E. Contabilidade de custos. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

NAKAGAWA, M. ABC custeio baseado em atividades. São Paulo: Atlas, 1994.

QUEIROZ, Danielle T. et al. Observação Participante na Pesquisa Qualitativa: conceitos e aplicações na área da saúde. 2007. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2011.

SCHIER, Carlos U. da C. Gestão de custos. Curitiba: Ibpex, 2006.

STARK, J. A. Contabilidade de custos. São Paulo: Pearson, 2007.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação nas organizações. 6. ed. São Paulo: Cortez, 1994.

THIOLLENT, M.; SOARES, V.M.S. The subject of interdisciplinarity in the production engineering. International Conference on Education Engineering. Rio de Janeiro: ICEE, ago. 1998. CD-ROM.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Estudos Contábeis
ISSN: 2237-0099