Consultório Odontológico: uma AET utilizando-se da EWA

Mariana Falcão Bormio, Eliel Soares Orenha, José Carlos Plácido da Silva, Ana Paula Silva da Costa, João Eduardo Guarnetti dos Santos

Resumo


Este trabalho relata os primeiros passos de um projeto maior, que tem por objetivo desenvolver a avaliação ergonômica de consultórios odontológicos instalados nas Unidades Básicas de Saúde dos municípios paulistas de São José dos Campos e Bauru. Busca-se ao fim do trabalho ter caracterizado-os, possibilitando assim a análise da maneira como ocorre a interface entre os usuários, equipamentos e ambiente. Para tanto serão utilizadas algumas metodologias consagradas no cenário internacional. Relata-se os resultados obtidos com a primeira análise desenvolvida, como teste par calibração das metodologias escolhidas, assim como determinação de procedimentos e tempos gastos, para planejamento do processo.


Palavras-chave


Avaliação ergonômica; Conforto ambiental; Odontologia; Ambiente construído

Texto completo:

PDF

Referências


AHONEM, M.; ILMARINEN, R.; KUORINKA, I.; LAUNIS, M.; LEHTELÄ, T.; LUOPAJÄRVI, T.; SAARI, J.; SEPPÄLÄ, P.; STÄLHAMMAR, H. Ergonomic workplace analysis. Helsinki: Finnish Institute of Occupational Health, 1989.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TECNICAS. NBR 10152 (NB 95). Níveis de ruído para conforto acústico. Rio de Janeiro: ABNT, mar. 1987.

BORMIO, M. F. Avaliação pós-ocupação ambiental de escolas da cidade de Bauru (SP) e Lençóis Paulista (SP): um estudo ergonômico visto pela metodologia EWA. 2007. Dissertação (Mestrado em Desenho Industrial) - Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Bauru.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Serviços Odontológicos: prevenção e controle de riscos. Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

CUSTODIO, Renata Aparecida Ribeiro. Análise ergonômica do trabalho aplicada à Odontologia : clínica geral - um estudo de caso. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Itajubá. Itajubá, 2006.

IIDA, I. Ergonomia: projeto e produção. 2. ed. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.

ORNSTEIN, S.; ROMERO, M. Avaliação pós-ocupação (APO) do ambiente construído. São Paulo: Studio Nobel, 1992.

PINHEIRO, F. A.; TRÓCCOLI, B. T.; CARVALHO, C. V. de. Validação do questionário nórdico de sintomas osteomusculares como medida de morbidade. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 36, n. 3, p. 307-312, 2002.

RASIA, D. Quando a dor é do dentista! custo humano do trabalho de endodontistas e indicadores de Dort. 2004. Dissertação (Mestrado em Psicologia Área de Concentração: Psicologia Social e do Trabalho) - Universidade de Brasília, Brasília. Disponível em: . Acesso em: 5 maio 2011.

SANTOS, V. M. V.; BASILIO, F. H. de M.; BARRETO, R. R.; OLIVEIRA, E. de S. Análise ergonômica das condições de trabalho dos dentistas: uma comparação entre a rede pública e o setor privado. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 27., 2007, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: ENEGEP, 2007. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/ ENEGEP2007_TR600453_9748.pdf>. Acesso em: 5 maio 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2011v2n1p53

Direitos autorais 2011 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.