Design de interiores como estratégia de promoção de inovação de startups

Talissa Bedran Linhares, Paula Glória Barbosa, Renata Turola Takamatsu

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo analisar o potencial da atuação do designer de interiores no âmbito empresarial, especialmente na identificação de estratégias que estimulem a inovação e valorizem a identidade corporativa, especificamente em startups. Para tal, buscou-se compreender as características e filosofias desse tipo de empresa, por fim, exemplificou-se a aplicação de um projeto de design de interiores em uma delas, abrangendo questões como sua filosofia, ambiente de trabalho e suas limitações estruturais.

Palavras-chave


Inovação; Startup; Design de interiores; Produtividade no ambiente de trabalho

Texto completo:

PDF

Referências


ADDI, Gretchen; LYTLE, Jacqueline. Interior design. In: DEMKIN, Joseph A. (ed.). The Architect’s handbook of professional practice. New York: The American Institute of Architects, 2000. p. 1-7.

ASID. Impact of Design on Productivity. Disponível em: https://wwwasidorg/ content/impact-design-productivity#VuYjBPkrLct. Acesso em: 22 jan. 2016.

BAVARESCO, N. A influência das cores na criatividade. 1994. Disponível em: http://www.sato.adm.br/artigos/a_influencia_das_cores_na_criati.htm. Acesso em: 22 jan. 2016.

CARROLL, A. The smarter workplace international sand sources. Disponível em: http://wwwinteriorsandsourcescom/article-details/articleid/15645/title/ the-smarter-workplaceaspx. Acesso em: 20 dez. 2015.

GENSLER. What we’ve learned about focus in the workplace. 2012. Disponível em: http://www.gensler.com/uploads/documents/Focus_in_the_ Workplace_10_01_2012.pdf. Acesso em: 3 mar. 2013.

HOK. Workplace strategies that enhance performance, health and wellness. Disponível em: http://wwwhokcom/thought-leadership/workplace-strategiesthat-enhance-human-performance-health-and-wellness/. Acesso em: 10 jan. 2016.

LASTRES, Helena; ALBAGLI, Sarita. Informação e globalização na era do conhecimento. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1999.

LIVENSTON, Jessica. Fouders at work: stories of startup’s early days. Nova Iorque: Apress, 2008.

LIVENSTON, Jessica. Startup: fundadores da Apple, do Yahoo!, Hotmail, Firefox, e Lycos contam como nasceram suas empresas milionárias. Rio de Janeiro: Agir Editora, 2009.

MOZOTA, Brigitte. Gestão do design: usando o design para construir valor de marca e inovação corporativa. São Paulo: Bookman, 2011.

PEPITONE, Sara. Workplace strategy’s impaction design. Disponível em: http://wwwinteriordesignnet/projects/9571-workplace-strategys-impact-ondesign/, 2013. Acesso em: 17 dez. 2015.

PHILLIPS, Peter. Briefing: a gestão do projeto de design. São Paulo: Blucher, 2008.

PORTAL BRASIL. Aumente a produtividade. 2010a. Disponível em: http:// www.brasil.gov.br/empreendedor/profissionalizacao. Acesso em: 12 jun. 2013.

PORTAL BRASIL. Startup. 2010b. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/ empreendedor/primeiros-passos/startup. Acesso em: 3 mar. 2013.

RECEITA FEDERAL. Microempresa (ME) e empresa de pequeno porte (EPP). 2004. Disponível em: http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/dipj/2004/pergresp2004/pr110a202.htm. Acesso em: 3 mar. 2015.

RIES, Eric. The lean startup: how today’s entrepreneurs use continuous innovation to create radically successful business. Nova Iorque: Crown Business, 2011.

SARRO, Ed Marcos. Estruturas icônicas nas cartilhas de treinamentos quadrinizadas. 2009. Dissertação (Mestrado em Design e Arquitetura) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

SCIENTIFIC AMERICAN BRASIL. Cores estimulam atividade cerebral: pesquisadores verificaram que o vermelho ajuda na concentração e o azul libera a mente. Disponível em: http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/cores_ estimulam_atividade_cerebral.html. Acesso em: 27 jun. 2015.

SEBRAE. Termo de referência para atuação em design. São Paulo: SEBRAE, 2011.

SORRENTO, Linda. Designing better workplaces. Washington: ASID - American Society of Interior Designers, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2019v10n3p63

Direitos autorais 2019 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.