O grafite e sua ressignificação: linha tênue entre o vandalismo e a arte de rua

Andrea Carolina Camargo Castro, Nilton Gonçalves Gamba Junior

Resumo


O artigo faz parte do processo da dissertação de mestrado, que pretende analisar a diversidade de práticas contemporâneas do grafite na cidade do Rio de Janeiro. Aqui são discutidas duas dimensões dentro do universo do grafite: a sua função comercial e a legislação que rege a prática dentro do Brasil. O estudo destaca parte de uma amostra da pesquisa que ilustrará um método de classificação proposto a partir da variedade de aplicações do grafite, considerando a legislação nacional vigente.

Palavras-chave


Grafite; Espaço urbano; Arte de rua

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Rui. Histórico do painel entre a Avenida Paulista e Dr. Arnaldo em São Paulo. 2014. Disponível em: http://www.artbr.com.br/paulista/index.html?page=3. Acesso em: 9 maio 2018.

BARTHES, Roland. Mitologias. Rio de Janeiro: DIFEL, 2003.

BATISTA, Soraya. Arte urbana nas favelas do Rio de Janeiro. 2015. Disponível em: https://www.brasil247.com/pt/247/favela247/167844/Arte-urbananas-favelas-do-Rio-de-Janeiro.htm>. Acesso em: 5 abr. 2018.

BRASIL. Lei nº 12.408, de 25 de maio de 2011. Altera o art. 65 da Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, para descriminalizar o ato de grafitar, e dispõe sobre a proibição de comercialização de tintas em embalagens do tipo aerossol a menores de 18 (dezoito) anos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12408.htm. Acesso em: 9 maio 2018.

BRASIL. Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9605.htm. Acesso em: 5 maio 2018.

BURG, Daniel A.; BRUSAMOLIN, Frederico M. A linha tênue entre arte, crime de pichação e grafitagem. 2017. Disponível em: http://justificando.cartacapital.com.br/2017/02/02/linha-tenue-entre-arte-crime-de-pichacaoe-grafitagem/. Acesso em: 9 maio 2018.

CANDIDA, Simone. Livro faz inventario de 570 obras de arte que enfeitam as ruas do rio. O Globo, Rio de Janeiro, 2011. Disponível em: https://oglobo.globo.com/rio/livro-faz-inventario-de-570-obras-de-arte-que-enfeitam-asruas-do-rio-3067759. Acesso em: 9 abr. 2018.

CLUBE DE CRIAÇÃO. Disponível em: http://www.clubedecriacao.com.br/. Acesso em: 5 maio 2018.

CRIS K. Celacanto provoca maremoto. Rio de Janeiro, 2003. Disponível em: http://catalisando.com/goldenlist/celacanto.htm. Acesso em: 8 abr. 2018.

CRIVELLA abre as portas do Rio para o grafite vetado por Doria. Brasil 247, Rio de Janeiro, 5 fev. 2017. Disponível em: https://www.brasil247.com/pt/247/rio247/278761/Crivella-abre-as-portas-do-Rio-para-o-grafite-vetado-porDoria.htm. Acesso em: 9 maio 2018.

DAVID, Fávia. Prefeitura estabelece critérios para a prática do grafite na cidade. 2014. Disponível em: http://www.rio.rj.gov.br/web/guest/exibeconteudo?id=4606694. Acesso em: 5 maio 2018.

EM BUSCA de hotel eco-friendly? Conheça o Arena Ipanema. Vogue, Rio de Janeiro, 25 jul. 2017. Disponível em: https://vogue.globo.com/lifestyle/ noticia/2017/07/em-busca-de-hotel-eco-friendly-conheca-o-arena-ipanema. html. Acesso em: 5 maio 2018.

ESTEVES, Bernardo. Gritomudonomuro. Revista Piauí, São Paulo, ed. 65, fev. 2012. Disponível em: http://piaui.folha.uol.com.br/materia/gritomudonomuro/. Acesso em: 5 maio 2018.

GAYOSO, Lucas. Escola carioca ganha primeiro grafite gigante do projeto ‘Rio Big Walls’. Estadão, São Paulo, 17 jun. 2017. Disponível em: http://brasil.estadao.com.br/noticias/rio-de-janeiro,escola-carioca-ganha-primeiro-grafitegigante-do-projeto-rio-big-walls,70001848959. Acesso em: 5 maio 2018.

GUELMAN, Leonardo. Univvverrsso gentileza. Rio de Janeiro: Mundo dasideias, 2008.

KOBRA, Eduardo. Home. 2017. Disponível em: www.eduardokobra.com/. Acesso em: 8 maio 2018.

MACKAY, Rhona. Por toda cidade museus comunitários estão sob ameaça de remoção. 2016. Disponível em: http://rioonwatch.org.br/?p=19239. Acesso em: 5 maio 2018.

MARTINS, José de S. Ossário: 2006-2011: intervenção urbana realizada através da limpeza seletiva da poluição depositada nas paredes de túneis da cidade de São Paulo: a insurgência de Alexandre Orion. Disponível em: http://cargocollective.com/alexandreorion/OSSARIO>. Acesso em: 9 abr. 2018.

MUSEU DE ARTE DO RIO. MAR à tona: grafite em debate: Galeria Providence: parte 1. 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=DOSnbqaIXe4. Acesso em: 8 maio 2018.

RIO DE JANEIRO. Câmara Municipal. Lei nº6326 de 26 de fevereiro de 2018. Cria no âmbito do município do Rio de Janeiro a Pichação Zero. Disponível em:

RIO DE JANEIRO. Câmara Municipal. Projeto de Lei nº 268/2013. Dispõe sobre a arte em grafite no âmbito do município do Rio de Janeiro. Disponível em: http://mail.camara.rj.gov.br/APL/Legislativos/scpro1720.nsf/0/832580830061F31803257B7300614567?OpenDocument. Acesso em: 5 maio 2018.

SILVA, Carlos E. Gomes; PINTO, Rita de C. Santos; LOUREIRO, Katia A. Silva. Circuito das casas-tela, caminhos de vida no museu de favela. Rio de Janeiro: Museu de Favela, 2012.

USINA. Entrevista com Joana Cesar. 2014. Disponível em: https://revistausina.com/2014/08/16/entrevista-com-joana-cesar/. Acesso em: 7 abr. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2018v9n2Suplp299

Direitos autorais 2018 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.