Linguagem visual: design e estilo

Paula Piva Linke, Gabriel Calvi, Natani Aparecida do Bem

Resumo


Ao reconhecermos a moda enquanto um fenômeno de comunicação, devemos levar em consideração que o mesmo pode também construir identidades visuais. O artigo objetiva apresentar a moda como linguagem, assim como a construção do estilo e o seu simbolismo, explorando especificamente os estilos retrô, vintage e minimalista. Para isso, utilizou-se como metodologia a pesquisa bibliográfica, com o intuito de compreender a moda enquanto linguagem visual atrelada aos diversos estilos.

Palavras-chave


Estilo; Linguagem Visual; Design; Moda

Texto completo:

PDF

Referências


ACOM, Ana Carolina. Minimalismo: arte moda e reação ao cansativo apelo visual do excesso. Moda manifesto, Porto Alegre, v. 1, 2005. Disponível em: http://www.modamanifesto.com/files/modamanifesto.pdf. Acesso em: 20 maio 2019.

BALDINI, Mássimo. A invenção da moda: as teorias, os estilistas, a história. Lisboa: Edições 70, 2005.

BÁRBARA, Ana. O que é moda minimalista e como usar? Blog Ana Bárbara Moda. Disponível em: https://www.anabarbara.com.br/blog/moda/como-usar-moda-minimalista. Acesso em: 29 ago. 2018.

BARLACH, Lisete; SANTOS, Lucas Pereira. A inovação confrontada com as tendências vintage e retrô: um estudo de caso na indústria da linha branca. Revista de Administração e Inovação, São Paulo, v. 12, n. 2, p. 255-267, abr./ jun. 2015. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/973/97340038012.pdf. Acesso em: 20 maio 2019.

BARNARD, Malcolm. Moda e comunicação. Rio de Janeiro: Rocco, 2003. 6. BARTHES, Roland. Inéditos. São Paulo: Martins Fontes, 2005. 7. BARTHES, Roland. Sistema da moda. Lisboa: Edições 70, 1967

BEYOND-Retro-School-of-Frock-Vintage-Clothing-00. WGSN Insider, London, 16 July. 2013. Disponível em: https://www.wgsn.com/blogs/beyond-retros- -school-of-frock-a-retrospective-of-the-dress-on-view-in-dalston/beyond-retro-school-of-frock-vintage-clothing-00/. Acesso em: 29 ago. 2018.

BRAGA, João. História da moda: uma narrativa. 8. ed. São Paulo: Anhembi Morumbi, 2007.

BRAGA, João. Reflexões sobre moda. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2005. v. 11. 1

CALANCA, Daniela. História social da moda. São Paulo: SENAC, 2008. 12. CERVO, Demitri. O minimalismo e suas técnicas composicionais. Revista Acadêmica de Música, Santa Maria, n. 11, p. 136, jan. /jun. 2005. Disponível em: https://pt.scribd.com/document/181332357/Minimalismo-e-composicao. Acesso em: 29 ago. 2018.

CIDREIRA, Renata Pitombo. Os sentidos da moda: vestuário, comunicação e cultura. São Paulo: Anablume, 2005.

CRANE, Diana. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidade das roupas. São Paulo: Senac, 2006.

DANTAS, Alda. Clima retrô invade a passarela da Miu Miu. Blog da Alda. Disponível em: http://aldadantas.com.br/clima-retro-invade-a-passarela-da- -miu-miu/. Acesso em: 29 ago. 2018.

DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

ESTILO. In: MICHAELIS dicionário brasileiro da língua portuguesa. São Paulo: Editora Melhoramentos, 2015. Disponível em: https://michaelis.uol.com.br/ moderno-portugues/busca/portugues-brasileiro/estilo/. Acesso em: 20 set. 2018.

FARINA, Modesto. Psicodinâmica das cores em comunicação. 4. ed. São Paulo: Edgar Blucher, 2002.

FERREIRA, Eduardo Camillo Kasparevicis. Minimalismo, design minimalista e suas influências. 2008. Disponível em: https://www.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/Arquitetural/design%20de%20lumin%E1rias/minimalismo_design_minimalista_e_suas_influencias.pdf. Acesso em: 20 maio 2019.

FISCHER-MIRKIN, Toby. O código do vestir e o significado oculto da roupa feminina. Rio de Janeiro: Rocco, 2001. 21. JONES, Sue Jenkyn. Fashion design. 2. ed. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero: a moda e o seu destino nas sociedades modernas. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1989.

LURIE, Alison. A linguagem das roupas. Rio de Janeiro: Rocco, 1997. 24. MACKENZIE, Mairi; SENSI, Christiano. Ismos: para entender a moda. São Paulo: Globo, 2010.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 14. ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. São Paulo: Projeto de História, 1993. 27. PACCE, Lilian. Flavia Aranha outono-inverno 2017. Blog Lilian Pacce. Disponível em: https://www.lilianpacce.com.br/desfile/flavia-aranha-outono-inverno-2017/. Acesso em: 29 ago. 2018.

PERAZZO, Luiz Fernando; VALENÇA, Másvola T. Elementos da forma: moda e beleza. Rio de Janeiro: SENAC, 1997.

PEZZOLO, Dinah Bueno. Moda fácil: guia de estilo para todas as ocasiões. São Paulo: Códex, 2003. Disponível em: http://www.sbem.com.br/enem2016/ anais/pdf/6769_3900_ID.pdf. Acesso em: 29 ago. 2018.

ROHENKOHL, Raquel Andressa Stefeni. Design retrô: um desafio da contemporaneidade em reconhecimento ao passado. Unoesc & Ciência-ACSA, Joaçaba, v. 2, n. 2, p. 147-154, jul./dez. 2011. Disponível em: http://editora. unoesc.edu.br/index.php/acsa/article/view/1085/ pdf_229>. Acesso em: 20 set. 2018.

SANTOS, Rochelle Cristina. A história inventando moda: a influência da memória na criação de coleções de moda com referência no passado. Moda Palavra, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 5-16, jan./jun. 2010.

SORCINELLI, Paolo. Estudar a moda: corpos, vestuário, estratégias. São Paulo: Senac. 2008.

TREPTOW, Doris. Inventando moda: planejamento de coleção. 5. ed. São Paulo: Autora, 2013.

VERISSIMO, Karol; PINHEIRO, Gabriel. Não sou velha, sou vintage! Revista Eclética, Rio de Janeiro, n. 38, p. 22-25, jan./jul. 2014. Disponível em: http:// puc-riodigital.com.puc-rio.br/media/Ecletica%2038%20PAG%2022%20a%20 25.pdf. Acesso em: 20 maio 2019.

VILLAÇA, Nizia. A cultura como fetiche, corpo e moda. In: VILLAÇA, Nizia; CASTILHO, Kathia. Plugados na moda. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2006. p. 23-29.

WAJNMAN, Solange; ALMEIDA, Adilson José de. Moda, comunicação e cultura: um olhar acadêmico. São Paulo: Arte & Ciência, 2002.

YAMANARI, Thaís Tiemi. O “vintage” e o “retrô” como estratégias visuais. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS DA IMAGEM, 4.; ENCONTRO INTERNACIONAL DE ESTUDOS DA IMAGEM, 1., 2013, Londrina-PR. Anais [...]. Londrina: UEL, 2013. p. 3092-3106.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2020v11n1suplp32

Direitos autorais 2020 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.