Abordagem sistêmica no design de recursos educacionais digitais bilíngues (Libras/Português)

Laíse Miolo Moraes, Berenice Santos Gonçalves, Luiz Fernando Figueiredo

Resumo


Na produção de recursos educacionais bilíngues (Libras/Português) para estudantes surdos, o designer encontra-se em um sistema complexo que envolve uma equipe multidisciplinar: produtores multimídia, professores, tradutores e usuários surdos. O objetivo deste trabalho é explicitar o pensamento sistêmico nas atividades de projeto, mapeando as relações existentes na produção de materiais didáticos bilíngues do IFSC Palhoça. Assume-se uma abordagem descritiva, qualitativa, em que a coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada. Os resultados apontam para a necessidade de um olhar sistêmico por parte de todos os integrantes do processo e apresenta um diagrama sistêmico para a visualização do projeto de recursos educacionais bilíngues.

Palavras-chave


Abordagem sistêmica; Recursos educacionais digitais; Surdos; Diagramas

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Elizabeth B. de; SILVA, Maria da Graça Moreira da. Currículo, tecnologia e cultura digital: espaços e tempos de web currículo. Revista e-curriculum, São Paulo, SP, v. 7, n. 1, p. 1-19, abr. 2011.

ALVES, Márcia Maria; BATTAIOLA, André Luiz. Animação enquanto objeto de aprendizagem: considerações sobre os modelos de concepção de objetos de aprendizagem e o design de animações educacionais. Blucher Design Proceedings, São Paulo, SP, v. 2, n. 9, p. 2524-2535, 2016.

BERTALANFFY, Ludwig von. Teoria geral dos sistemas: fundamentos, desenvolvimento e aplicações. Petrópolis: Vozes, 2008.

BONSIEPE, Gui. Design, cultura e sociedade. São Paulo: Blucher, 2011.

CAPRA, Fritjof; LUISI, Pier Luigi. A visão sistêmica da vida: uma concepção unificada e suas implicações filosóficas, políticas, sociais e econômicas. São Paulo, SP: Cultrix, 2014.

CARDOSO, Rafael. Uma introdução à história do design. São Paulo, SP: Editora Edgard Blucher, 2008.

DE MORAES, Dijon. Metaprojeto: o design do design. São Paulo: Edgard Blucher, 2010.

FILATRO, Andrea. Design instrucional na prática. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2008.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo, SP: Editora Atlas, 2008.

GLOCK, Andrea; PRADA, Charles Anderson; GÓMEZ, Flávio Yamil. Perspectiva Sistêmica dos Ambientes Virtuais de Aprendizagem: uma contribuição para a construção da sociedade do conhecimento. In: FACHIN, Gleisy Regina Bóries; SCHUBER JUNIOR, Julio; PEREIRA, Kariston; COMARELLA, Rafaela Lunardi; SUZUKI, Vanessa (org.). Teoria geral de sistemas: uma abordagem multidisciplinar do conhecimento,. Florianópolis: ECG Editora, 2007. v. 1, p. 74.

MORAES, Laíse Miolo de; BUBNIAK, Fabiana Paula; VELLOSO, Bruno Panerai; KAMINSKI, Douglas. Design de interface: análise de site bilíngue (libras/ português). In: CONGRESSO INTERNACIONAL; 2., SEMINÁRIO NACIONAL DO INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos, 19., 2014, Rio de Janeiro - RJ. Anais [...]. Rio de Janeiro, RJ: INES, 2014. p. 195-205.

OKADA, Alexandra. colearn 2.0-Coaprendizagem via comunidades abertas de pesquisa, práticas e recursos educacionais. Revista e-curriculum, São Paulo, SP, v. 7, n. 1, p. 1-14, 2011..

PASTORI, Douglas O.; MERKER, Fábio; LOPES, Joeline Maciel; SEZERA, Juliano; MONTAÑA, Misael Paulo; VISONÁ, Paula Cristina; BALEM, Tiago. Strategic management process design e o pensamento sistêmico: a emergência de novas metodologias de design. Strategic Design Research Journal, São Leopoldo, RS, v. 2, n. 1, p. 11-23, 2009.

SENS, André Luiz. Design transmídia: um sistema para análise e criação das interfaces de mundos narrativos multimidiáticos. 2017. Tese (Doutorado em Design) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2017.

VASSÃO, Caio Adorno. Metadesign: ferramentas, estratégias e ética para a complexidade. São Paulo: Blucher, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2019v10n2p137

Direitos autorais 2019 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.