O briefing no processo de projetos nos escritórios de design de interiores

Martina Mostardeiro, Maurício Moreira e Silva Bernardes, Fábio Gonçalves Teixeira

Resumo


O artigo examina a forma na qual o briefing é empregado em escritórios de design interiores, apresentando formas de utiliza-lo como fonte de informações ao processo de projetos. Para tal foram realizadas entrevistas semiestruturadas com arquitetos de interiores na cidade de Porto Alegre/RS. A partir da análise dos dados coletados, constatou-se o reconhecimento da importância do briefing como parte integrante de todo o processo de design de interiores, e não apenas como parte de um estágio inicial.

Palavras-chave


Briefing; Projeto de interiores; Processo de projeto; Necessidades dos usuários

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Maurício Bergenthal. Análise da gestão de projetos de design nos escritórios e prestadores de serviços em design de Porto Alegre/RS: proposta baseada em estudos de caso. 2009. Dissertação (Mestrado em Design) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

ASHBY, Michael; JOHNSON, Kara. Materiais e design: arte e ciência da seleção de materiais no design do produto. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DESIGNERS DE INTERIORES – ABD. Código de ética. Disponível em: https://abd.org.br/codigo-de-etica. Acesso em: 9 mar. 2017.

BAXTER, Mike. Projeto de produto guia prático para o design de novos produtos. 3. ed. São Paulo: Blucher, 2011.

BRASIL. Lei nº 13.369, de 12 de dezembro de 2016. Dispõe sobre a garantia do exercício da profissão de designer de interiores e ambientes e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2016. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/lei/L13369.htm. Acesso em: 9 mar. 2017.

BRUCE, Margaret; COOPER, Rachel; VAZQUEZ, Delia. Effective design management for small businesses. Design Studies, Oxford, v. 20, n. 3, p. 297–315, 1999. Disponível em: http://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S0142694X98000222. Acesso em: 5 maio 2018.

CHUNG, Jack K. H.; KUMARASWAMY, Mohan M.; PALANEESWARAN, Ekambaram. Improving megaproject briefing through enhanced collaboration with ICT. Automation in Construction, Amsterdam, v. 18, n. 7, p. 966-974, 2009. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.autcon.2009.05.001. Acesso em: 9 nov. 2018.

DEJEAN, Joan. O século do conforto. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012. GORB, Peter. The business of design management. Design Studies, Oxford, OX, v. 7, n. 2, p. 106-110, 1986. Disponível em: http://linkinghub.elsevier.com/ retrieve/pii/0142694X86900232. Acesso em: 5 mar 2017.

HUPPATZ, Daniel J. The first interior? reconsidering the cave. Journal of Interior Design, New Jersey, NY, v. 37, n. 4, p. 1-8, 2012. Disponível em: http:// doi.wiley.com/10.1111/j.1939-1668.2012.01081.x. Acesso em: 9 mar. 2017.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos da metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MORAIS, Vânia Baptista; BERNARDES, Maurício Moreira Silva; LINDEN, Julio Carlos de Souza Van Der. Análise de matrizes curriculares de cursos de design de interiores no Brasil focalizando conteúdos de gestão de projetos. Revista D: Design, Educação, Sociedade e Sustentabilidade, [Porto Alegre], v. 7, n. 1, p. 5-30, 2015. versão online. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/ handle/10183/140685. Acesso em: 5 mar. 2017.

NORMAN, Donald A. Design emocional. Rio de Janeiro: Rocco, 2008.

OLIVEIRA, Gilberto; MONT’ALVÃO, Cláudia. Método de design de interiores no Brasil. In: ENCONTRO NACIONAL DE ERGONOMIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 6., 2016, Recife, PE. Blucher Design Proceedings, São Paulo, SP, v. 2, n. 7, p. 6-9, maio 2016.

OLIVEIRA, Nayana Hakime Dutra. Família contemporânea. São Paulo: Unesp, 2009. E-book. Disponível em: http://books.scielo.org/id/965tk/pdf/ oliveira-9788579830365-03.pdf. Acesso em: 5 mar. 2017.

PATON, Bec; DORST, Kees. Briefing and reframing: a situated practice. Design Studies, Oxford, OX, v. 32, n. 6, p. 573-587, 2011. Disponível em: http://dx.doi. org/10.1016/j.destud.2011.07.002. Acesso em: 5 mar. 2017.

PHILLIPS, Peter L. Briefing: a gestão do projeto de design. São Paulo: Blucher, 2008. v. 1.

SAVAGE, George; FRIEDMANN, George Arnold A. Principles of interior design. In: ENCYCLOPAEDIA Britannica. London, UK: [s. n] 2017. p. 1-43.

SIQUEIRA, Cecília Nunes; COSTA FILHO, Lourival Lopes. As necessidades dos usuários nos espaços residenciais, na percepção de arquitetos e designers de interiores. Estudos em Design, Rio de Janeiro, RJ, v. 23, n. 3, p. 36-45, 2015. Disponível em: http://estudosemdesign.emnuvens.com.br/design/article/ view/267. Acesso em: 5 mar. 2017.

TONETTO, Leandro Miletto. A perspectiva cognitiva no design para emoção: análise de concerns em projetos para a experiência. Strategic Design Research Journal, Porto Alegre, RS, v. 5, n. 3, p. 99–106, 2012. Disponível em: http:// revistas.unisinos.br/index.php/sdrj/article/view/sdrj.2012.53.01. Acesso em: 9 mar. 2017.

YU, Ann T. W.; SHEN, Qipimg; KELLY, John; HUNTER, Kirsty. An empirical study of the variables affecting construction project briefing/architectural programming. International Journal of Project Management, Guildford, UK, v. 25, n. 2, p. 198–212, 2007. Disponível em: http://linkinghub.elsevier.com/ retrieve/pii/S0263786306001475. Acesso em: 5 mar. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2019v10n2p25

Direitos autorais 2019 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.