A tela dos dispositivos Android: um percurso de pesquisa sobre design responsivo

César Steffen

Resumo


Os dispositivos Android apresentam uma grande variação no formato e definição das telas. Ao contrário do principal concorrente, Apple, cujo sistema IOS é instalado apenas nos dispositivos produzidos pela marca, o que garante a padronização nas telas e interfaces, o sistema Android pode ser utilizado por vários fabricantes de dispositivos móveis diferentes, que definem formatos e padrões de tela para os seus dispositivos móveis, sejam tablet ou telefones celulares. Isto impacta diretamente no projeto de design das telas de um aplicativo para o sistema Android, uma vez que deve prever e antecipar esta diversidade de formatos, buscando ofertar a melhor experiência para o usuário. O design responsivo busca ofertar respostas a tais problemas, ofertando técnicas que possibilitam elaborar telas que ofereçam para o usuário uma excelente experiência de visualização, contato e interação em uma ampla variedade de dispositivos diferentes. Assim, este estudo foca em compreender as etapas de projeto necessárias para a construção de um aplicativo para dispositivos móveis com sistema operacional Android, de forma a obter a melhor resposta do usuário, através do design responsivo. Para tanto, busca sua base metodológica no estudo de caso descritivo, não somente pela novidade representada pelos aplicativos para dispositivos móveis e pela amplitude e flexibilidade na análise ofertada por tal instrumento, mas principalmente de forma a descrever o comportamento e os resultados gerados pelos aplicativos nas diferentes telas.

Palavras-chave


Design Responsivo; Android; Projeto de Interface; User Experience

Texto completo:

PDF

Referências


CYBIS, Walter; BETIOL, Adriana Holtz; FAUST, Richard. Ergonomia e usabilidade: conhecimentos, métodos e aplicações. 2. ed. São Paulo: Novatec, 2010.

FRAGOSO, Suely Dadalti. Mídias digitais: revisão histórico-conceitual. São Leopoldo, RS: UNISINOS, 2002. Documento Hipertextual - material de apoio da disciplina: Mídias Digitais, Mestrado em Ciências da Comunicação.

GOMES FILHO, João. Gestalt do objeto: sistema de leitura visual da forma. 9. ed. São Paulo: Escrituras, 2009.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. ISO/IEC 9126- 1: software engineering - product quality - part 1: quality model. Geneva, Switzerland: ISO, 2001. Disponível em: http//www.iso.org. Acesso em: 1 set. 2014.

MARCOTE, Ethan. Responsive web design. 2010. Disponível em http:// alistapart.com/article/responsive-web-design. Acesso em: 1 set. 2014.

MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação: como extensões do homem. 18. ed. São Paulo: Cultrix, 2012.

NIELSEN, Jakob; LORANGER, Hoa. Usabilidade na web. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

NORMAN, Donald A. Design emocional: por que adoramos (ou detestamos) os objetos do dia-a-dia. Rio de Janeiro: Rocco, 2008.

PERRIAULT, Jacques. Las maquinas de comunicar y su utilización lógica. Barcelona: GEDISA, 1991.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2020v11n2p15

Direitos autorais 2020 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.