Estratégias de replicação e soluções de design para uma organização Criativa e colaborativa: inovação social no acesso à leitura e educação básica

Debora Barauna, Edson Sidnei Maciel Teixeira, Liliane Iten Chaves

Resumo


A inovação social têm emergido de organizações criativas e colaborativas. Pressupõe-se que tais iniciativas podem ser replicadas e/ou melhoradas por meio de soluções de design. Assim, o objetivo deste trabalho foi difundir a ideia da organização Omunga Grife Social. Esta iniciativa promove o acesso à leitura para crianças e adolescentes. O método aplicado foi o estudo de caso, apoiado pelo toolkit da Rede Internacional DESIS e ferramentas do design de serviços. Os resultados obtidos foram o delineamento do modelo de gestão da organização e o entendimento do seu sistema de atuação e processo de interação entre as partes interessadas.

Palavras-chave


Inovação social; Organizações criativas; Replicação; Soluções de Design

Texto completo:

PDF

Referências


CLAYTON, R. J.; BACKHOUSE, C. J.; DANI S. Evaluating existing approaches to product-service system design: A comparison with industrial practice. Journal of Manufacturing Technology Management, v.23, n.3, p.272-298, 2012.

DESIS-NETWORK. Design for Social Innovation and Sustainability. Disponível em: http://desis-network.org/. Acesso em 01/07/2015.

EU COMMISSION. Innovative Business Models with Environmental Benefits. Final report, n.4, nov., 2008.

MANZINI, E. Design para a inovação social e sustentabilidade. Cadernos do Grupo de Altos Estudos, Programa de Engenharia de Produção da Coppe/UFRJ, Rio de Janeiro, v.1, 2008.

MANZINI, E.; PENIN L.; GONG, M.; CIPOLL, C.; M’RITHAA, M.; MENDOZA, A. The DESIS Network: Design and Social Innovation for Sustainability. In: The Journal of Design Strategies: Change Design. v. 4, n.1. p. 14-21, Spring, 2010.

MANZINI, E.; VEZZOLI, C. A strategic design approach to develop sustainable product service systems: examples taken from the “environmentally friendly innovation” Italian prize. Journal of Cleaner Production, 11, 8, p. 851-857. 2003.

MEPSS. Methodology for PSS. Disponível em: www.mepss-sdo.polimi.it. Acesso em 01/07/2015.

MURRAY, R.; CAULIER-GRICE, J.; MULGAN, G. The Open Book of Social Innovation. London, NESTA/The Young Foundation, 2010. Disponível em: http://www.nesta.org.uk/publications/assets/features/the_open_book_of_social_innovation. Acesso em: 01/07/2015.

ONU. Declaração Universal dos Direitos Humanos. 1984. Disponível em: http://nacoesunidas.org/declaracao-universal-dos-direitos humanos/. Acesso em 01/07/2015.

PEREIRA, C.; CAMPOS, J. L. Design para a sustentabilidade: o tecido social em processo de re-singularização. bocc. p.1-6, 2009. Disponível em http://www.bocc.ubi.pt/pag/pereira-design-bocc-05-09.pdf. Acesso em: 01/07/2015.

ROOM TO READ. Disponível em http://www.roomtoread.org/. Acesso 01/07/2015.

SACO, Roberto M.; GONÇALVES, Alexis P. Service Design: an Appraisal. Design Management Review. v.19, n.1, p. 10-19, 31 mar, 2008.

VEZZOLI, C. Design de sistemas para a sustentabilidade: teoria, métodos e ferramentas para o design sustentável de “sistemas de satisfação”. Carlo Vezzoli - Salvador: EDUFBA, 2010.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2016v7n2p53

Direitos autorais 2016 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.