Tipografia e baixa visão: uma discussão sobre a legibilidade

Mary Vonni Meürer, Berenice Santos Gonçalves, Vilson João Batista

Resumo


Este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa sobre recomendações de legibilidade para pessoas com baixa visão. Os procedimentos metodológicos corresponderam à revisão bibliográfica seguida de entrevistas semi-estruturadas realizadas com 3 pessoas portadoras deficiência que apresentam baixa visão em níveis diferentes. Foi realizado também um teste de legibilidade composto de um texto formatado com 6 fontes tipográficas em 4 variações de tamanho. Dos resultados desta fase da pesquisa constatou-se que as recomendações sobre legibilidade, identificadas na revisão bibliográfica, são compatíveis com a percepção das entrevistadas, indicando a fonte Arial, com peso regular, como a mais legível para o público em questão.

Palavras-chave


Tipografia; Baixa visão; Legibilidade; Acessibilidade

Texto completo:

PDF

Referências


ARDITI, Aries. Making text legible: designing for people with partial sight. lighthouse internacional. Disponível em: http://www.lighthouse. org/accessibility/design/accessible-print-design/making-text-legible/. Acesso em: 9 jun. 2014.

BARRAGA, Natalie (1985) - falta ref. BONATTI, Fernanda Alves da Silva. Design para deficientes visuais: proposta que agrega videomagnificação a uma prancha de leitura. 2009. 189 f. Tese (Doutorado em Design e Arquitetura) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - FAUUSP, São Paulo, 2009. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16134/tde-27042010-102513/fr.php. Acesso em: 4 jun. 2014.

BRASIL. Decreto n. 5.296 de 02 de Dezembro de 2004. Regulamenta as Leis nos 10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências. Disponível em: http://www010.dataprev.gov.br/sislex/paginas/23/2004/5296.htm. Acesso em: 9 jun. 2014.

IBGE. Censo demográfico 2010. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/censo/TH. Acesso em: 4 abr. 2014.

FARIAS, Priscila Lena. Tipografia digital: o impacto das novas tecnologias. 4. ed. Teresópolis: 2AB, 2013.

FONTOURA, Antônio M.; FUKUSHIMA, Naotake. Vade-mécum de tipografia. Curitiba: Insight, 2012.

FUNDAÇÃO DORINA NOWILL PARA CEGOS. Deficiência visual. Disponível em: http://www.fundacaodorina.org.br/deficienciavisual/. Acesso em: 4 abr. 2014.

INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT. Galeria de imagens. Disponível em: http://www.ibc.gov.br/?itemid=89. Acesso e: 4 abr. 2014.

JURY, David. O que é a tipografia? São Paulo: Editorial Gustavo Gilli, 2007.

KUNZ, Willi. Tipografía macro y micro estética. México: Gustavo Gili, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2014v5n2p33

Direitos autorais 2014 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.