Design para a Sustentabilidade: um conceito Interdisciplinar em construção

Ana Luisa Boavista Lustosa Cavalcante, Seila Cibele Sitta Preto, Francisco Antônio Pereira Fialho, Luiz Fernando Gonçalves de Figueiredo

Resumo


O Design, como atividade profissional criativa, se propõe a desenvolver produtos e serviços mediante necessidades humanas. Dentro dos princípios contemporâneos dessa atividade têm-se as dimensões do Desenvolvimento Sustentável, a inovação e o bem-estar social. O Desenvolvimento Sustentável possui conceitos provenientes de várias disciplinas e conhecimentos humanos. Desse modo, este artigo visa sistematizar o conceito de Design para a Sustentabilidade, demonstrando sua interdisciplinaridade. Para tanto, realizou-se uma pesquisa bibliográfica para a sistematização das informações levantadas em um mapa conceitual.


Palavras-chave


Design; Desenvolvimento Sustentável; interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, M. Produtos Ecológicos para uma sociedade sustentável. São Paulo: O Estado de São Paulo, 2001.

BRIAN, Edwards. O guia básico para a sustentabilidade. Barcelona: Gráficas 92, 2008.

CASABIANCA, Alexandra Terán. Sustentabilidade Ambiental. Um desafio para a indústria. Revista Gerenciamento Ambiental, v.1, n.1, abr. /1998.

CAPRA, F. A Teia da Vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. Trad. N. R. Eichemberg. São Paulo: Cultrix, 1996.

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS - ONU. A ONU e o Meio Ambiente. Disponível em: http://www.onu.org.br/a-onu-em-acao/a-onu-e-o-meio-ambiente/. Acesso em: 22/06/2012.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE – CONAMA. Gestão de resíduos e produtos perigosos: Resolução CONAMA nº 23, de 12 de dezembro de 1996. Publicada no DOU no 13, de 20 de janeiro de 1997, Seção 1, p. 1116-1124. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=222. Acesso em: 22/06/2012.

DIAS, Reinaldo. Gestão ambiental: responsabilidade e sustentabilidade. São Paulo: Atlas, 2009.

FORTES, C.c. Interdisciplinaridade: Origem, Conceito e Valor. Disponível em: http://www3.mg.senac.br/NR/rdonlyres/eh3tcog37oi43nz654g3dswloqyejkbfuxkjpbgehjepnlzyl4r3inoxahewtpql7drvx7t5hhxkic/Interdisciplinaridade.pdf. Acesso em: 27/06/2012.

FUNDO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Disponível em: http://www.mma.gov.br. Acesso em: 23/02/2007.

HAWKEN, P.; LOVINS, A.; LOVINS, H. Capitalismo Natural: criando a próxima revolução industrial. Trad. Luiz A. de Araújo, Maria Luiza Felizardo. São Paulo: Cultrix, 2007.

KAZAZIAN, T. Haverá a idade das coisas leves: design e desenvolvimento sustentável, São Paulo: Ed. SENAC, 2005.

LARICA, N. J. Design de Transportes: arte em função da mobilidade. Rio de Janeiro: 2AB, 2033.

LAN, F. O que são Negócios Sustentáveis? In: ROCHA, M.T.; DORRESTEIJN, H.; GONTIJO, M. J. (Org.). Empreendedorismo em Negócios Sustentáveis: plano de negócios como ferramenta de desenvolvimento. São Paulo: Peirópolis; Brasília, DF: IEB – Instituto Internacional de Educação do Brasil, 2005.

MAFRA, M. O Meio Ambiente em Londrina: diferencial de qualidade para o desenvolvimento regional. Londrina: CODEL, 2005.

MANZINI, E.; VEZZOLI, C. O desenvolvimento de produtos sustentáveis. Trad. Astrid de Carvalho. São Paulo: Ed. USP, 2002.

MANZINI, E.; VEZZOLI, C. Design para a inovação social e sustentabilidade – comunidades criativas, organizações colaborativas e novas redes projetuais. Rio de Janeiro: E-papers, 2008.

MARCONDES, A.C.; SOARES, P.A.T. Curso Básico de Educação Ambiental. São Paulo: Ed. Scipione, 1991.

ODUM, E.P. Ecologia; trad. Cristopher J. Tribe - Ed. Guanabara (RJ), 1985.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). O FUTURO QUE QUEREMOS. Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável – Rio+20, Rascunho zero do documento final, 10 de janeiro de 2012. Disponível em: http://www.onu.org.br-/rio20/img/2012/01/OFuturoqueQueremos_rascunho_zero.pdf. Acesso em: 21/06/2012.

PANAYOTOU, Theodore. Mercados Verdes – a economia do desenvolvimento alternativo. Rio de Janeiro: Ed. Nórdica, 1994.

PAPANEK, Victor. Design for the real world. s.l.: Thames and Hudson, 1985.

REDE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Disponível em: http://www.rebea.org.br. Acesso em: 22/06/2012.

RIO+20 – Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável. Economia Verde: a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza. Disponível em: http://www.rio20.info/2012/economia-verde>. Acesso em: 25/06/2012.

RIO+20 – Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável. Países priorizam eliminação do lixo plástico nos oceanos na Rio+20. Disponível em: http://www.rio20.gov.br/sala_de_imprensa/-paises-priorizam-eliminacao-do-lixo-plastico-nos-oceanos-na-rio-20. Acesso em: 25/06/2012.

SACHS, Ignacy, Desenvolvimento: includente, sustentável, sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2004.

SANTOS, G. F. dos, Negócios Sustentáveis e Desenvolvimento: Uma relação de causa e efeito. In: ROCHA, M.T.; DORRESTEIJN, H.; GONTIJO M.J (Org.) Empreendedorismo em Negócios Sustentáveis: plano de negócios como ferramenta de desenvolvimento, São Paulo: Peirópolis; Brasília, DF: IEB:Instituto Internacional de Educação do Brasil, 2005.

SILVA, L.V. M. de, FARIA, I.F. de, DIAS, A.L.A. Design e Produtos Florestais Não-Madeireiros: Sustentabilidade Comunitária em Silves-Am, V Encontro Nacional da Anppas, Florianópolis, SC, 4 a 7 de outubro de 2010. Disponível em: http://www.anppas.org.br/encontro5/cd/artigos/GT7-402-42920100906011410.pdf> Acesso em 07 fev 2011.

SILVEIRA, Antônio. Programa Ambiental: A última Arca de Noé – Desenvolvimento Sustentável. São Paulo: Blücher, 2000.

SPINK, Peter; CAMAROTTI, Ilka, (Org.) Redução da Pobreza e Dinâmicas Locais. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV. 2000.

PELTIER, F.; SAPORTA, H. Design sustentável: caminhos virtuosos. São Paulo: Senac, 2009

TEIXEIRA, Cristina. Educação e desenvolvimento sustentável na agenda 21 brasileira. Inter-Ação: Rev. Fac. Educ. UFG, v. 33, b. 1, p. 31-48, jan./jun. 2008

ULMANN, Christian. Para um design solidário e sustentável. Disponível em: http://www.designemdia.com.br/opiniao/read.php?id=35. Acesso em: 11 dez 2009.

UNEP - United Nations Environment Programme - UN Conference on Trade and Development. The Transition to a Green Economy: Benefits, Challenges and Risks from a Sustainable Development Perspective. Disponível em: http://www.uncsd2012.org/rio20/content/documents/Green%20Economy_full%20report%20final%20for%20posting%20clean.pdf. Acesso em: 25/06/2012.

VEZZOLI, Carlo. Design de sistema para sustentabilidade: teoria, métodos e ferramentas para o design sustentável de “sistema de satisfação”. Salvador: EDUFBA, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2012v3n1p252

Direitos autorais 2012 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.