Corpo e Moda pela Perspectiva do Contemporâneo

Aline Zendonadi Brandes, Patrícia de Mello Souza

Resumo


O presente artigo discute a relação que se estabelece entre corpo e moda em meio as mudanças históricas e tecnológicas que transformaram a sociedade. A abordagem, sob a forma de levantamento histórico, permite o estudo das representações sociais e auxilia na identificação dos fatores que ocasionaram mudanças significativas no sistema e que reorientaram o comportamento, alterando valores e pensamentos. No contexto da contemporaneidade, a moda mostra-se ambígua, na medida em que atua como fator de diferenciação e ao mesmo tempo obedece a regras e padrões impostos.

 


Palavras-chave


Moda; Corpo; Contemporâneo

Texto completo:

PDF

Referências


AVELAR, Suzana. Moda: globalização e novas tecnologias. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2009.

BAUDRILLARD, Jean. A transparência do mal: ensaio sobre os fenômenos extremos. Trad. Estela dos Santos Abreu. Campinas: Papirus, 1990.

CASTILHO, Kathia. Do corpo presente à ausência do corpo: moda e marketing. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.

CASTILHO, Kathia ; MARTINS, Marcelo M. Discursos da moda: semiótica, design e corpo. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2005.

CASTILHO, Kathia. Interrelações da mídia, do design do corpo e do design da moda. In: GARCIA, Wilton (Org.). Corpo e Subjetividade – estudos contemporâneos. São Paulo: Factasch Editora, 2006. p. 86-96.

CERTEAU, Michel. A invenção do cotidiano, artes do fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

CRANE, Diana. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidade das roupas. São Paulo: Senac, 2006.

FIELL, Charlotte e FIELL, Peter. Design Industrial A-Z. Italy: Taschen, 2001.

FLÜGEL, John Carl. A psicologia das roupas. São Paulo: Mestre Jou, 1966.

JAMESON, Fredric. As marcas do visível. Rio de Janeiro, Graal, 1995.

LE BRETON, David. A sociologia do corpo. Petrópolis: Vozes, 2006.

LE BRETON, David. A síndrome de Frankenstein. In: SANT’ ANNA. Denise B. (Org). Políticas do corpo. São Paulo: Estação Liberdade, 1995. p.49-67.

LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Cia das Letras, 1989.

MAGALHÃES, Fernanda. Corpo re-construção ação, ritual, performance. In: GARCIA, Wilton (Org.). Corpo e Subjetividade: estudos contemporâneos. São Paulo: Factasch Editora, 2006. p.76-85.

MCLUHAN, M. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1964.

MESQUITA, Cristiane. Moda contemporânea: quatro o cinco conexões possíveis. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2004.

OLIVEIRA, Ana Claudia. Visualidade processual da aparência. In: OLIVEIRA, Ana Claudia; CASTILHO, Kathia (Org.). Corpo e Moda: por uma compreensão do contemporâneo. Barueri, SP: Estação das Letras e Cores Editora, 2008. p.94-104.

SANT’ANNA, Denise B. Corpos de passagem: ensaios sobre a subjetividade contemporânea. São Paulo: Estação Liberdade, 2001.

SEVCENKO, Nicolau. A corrida para o século XXI: no loop da montanha russa. São Paulo: Cia das Letras, 2001.

SOUZA, Patrícia de Mello. A moulage, a inovação formal e a nova arquitetura do corpo. In PIRES, Dorotéia Baduy (Org.). Design de Moda: olhares diversos. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2008. p.337-346.

VILLAÇA, Nízia e GÓES, Fred. Em Nome do Corpo. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

VILLAÇA, Nízia. Alta, média e baixa costura: moda e semiologia cultural. In: CASTILHO, Kathia; GALVÃO, Diana (Org.). A moda do corpo e o corpo da moda. São Paulo: Esfera, 2002. p.91-104.

VILLAÇA, Nízia. A edição do corpo: tecnociência, artes e moda. Barueri, SP: Estação das Letras Editora, 2007.

WILSON, Elizabeth. Enfeitada de sonhos. Lisboa: Edições 70, 1989.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2012v3n1p119

Direitos autorais 2012 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

 

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença 
Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.