Políticas do sujeito e relações de gênero: re-significando a cidadania

Maria Lúcia da Silveira

Resumo


O artigo analisa práticas de cidadania das mulheres por meio dos itinerários de atuação de algumas entidades mediadoras da ação coletiva das mulheres nos anos 90. Tal análise indica uma práxis de cidadania que ao introduzir diferentes imbricações de gênero, raça/etnia e classe no espaço público contribui para a emergência de uma cidadania societal. Tais práticas trazem o foco para uma política do sujeito no enfrentamento de situações concretas de subordinação, desigualdade e exclusão.

Palavras-chave


Relações de gênero; Cidadania societal; Políticas do sujeito

Texto completo:

PDF

Referências


ALVAREZ, S; DAGNINO, E.; ESCOBAR, A. The Cultural and the political in Latin American social movements: lntroduction. In: ALVAREZ, S.; DAGNIO, E.; ESCOBAR, A. Cultures of Politics, Politics of Cultures. Oxford/Colorado: Westview Press, 1998.

BARBALET, J. M. A Cidadania. Lisboa: Editorial Stampa, 1989.

BARBALET, J.M. Emotion, Social Theory, and Social Structure. A macrosociological approach. UK: CUP, 1998.

BONACCHI, G.; E GROPPI, A (org.) O dilema da cidadania. São Paulo: Ed. UNESP, 1995.

BRUSCHINI, C.; COSTA, A (org.) Uma questão de gênero. Rio de Janeiro: Rosa dos tempos. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 1992.

CASTRO, M. Alquimia de categorias sociais na produção de sujeitos políticos. Estudos feministas, Rio de Janeiro: CIEC/ECO/UFRJ, v. O, n. O, 1992.

CASTRO, M. No limiar de um novo milênio: possibilidades e cenários. Cadernos CRH, Salvador, n. 22, 1995.

CASTRO, M.; ABRAMOVAY, M. Gêneros de poder: Engendrando um novo feminismo desde as bases. Brasília/DF: UNESCO/ CEPIA. Mimeo, 1997.

COSTA, S. Contextos da construção do espaço público no Brasil. Novos Estudos, São Paulo: CEBRAP, n. 47, mar. 1997.

DONATI, P. Identity and Solidarity in the complex of citizenship: The relational approach. journal of International Sociological Association, v. 10, n. 3, set. 1995.

FRASER, N. Repensar el ámbito público: una contribuición a la critica de la democracia realmente existeonsequências da modernidade. São Paulo: Ed. UNESP, 1991.

GIDDENS, A A transformação da intimidade. São Paulo: Ed. UNESP, 1993.

GIDDENS, A Modernidade e identidade pessoal. Oeiras: Ed. Celta, 1994.

GIDDENS, A Admirável mundo novo: O novo contexto da política. Cadernos CRFL., Salvador, jul./dez. 1994b.

HABERMAS, J. L'espace publique, 30 ans aprés. Quaderni, n. 18, 1992.

HELLER, A História y Futuro. Barcelona: Península, 1991.

KERGOAT, D. Relações sociais de sexo e divisão sexual do trabalho. In: LOPES, M.; MEYER, D.; WALDOW, V. Genêro e Saúde. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

LISTER, R. Citizenship. Feminist Perspective. London: Macmillan Press, 1997.

MELUCCI, A. A experiência individual na sociedade planetária. Lua Nova, São Paulo: CEDEC, n. 38, 1996.

SILVEIRA, M.L. Contribuições da perspectiva de gênero para o esboço de alternativas emancipatórias da sociedade. In: BAPTISTA, D.; SILVEIRA, M.L. Cidadania e Subjetividade. São Paulo: Imaginário, 1997.

SOUZA SANTOS, B. Pela mão de Alice. O social e o político na pós-modernidade. Porto: Afrontamento, 1994.

TOURAINE, A. Podremos vivir juntos? Iguales y diferentes? Mexico: Fondo de Cultura Económica, 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.2000v5n2p73

Direitos autorais 2000 Maria Lúcia da Silveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International