Os impactos da lei 13.303, de 30 de junho de 2016, no desempenho das empresas estatais junto ao mercado financeiro e de capitais. Uma análise sob a ótica da governança corporativa.

Felipe Santos Ribas, Luiz Alberto Blanchet

Resumo


O objetivo do trabalho é fazer uma análise em torno dos impactos que o sistema de governança previsto na Lei 13.303/2016 poderá gerar no desempenho das empresas estatais junto ao mercado financeiro e de capitais. Para tanto, será realizada uma revisão de literatura multidisciplinar visando demonstrar esses impactos, adiantando-se que os estudos confirmam que boas práticas de governança corporativa reduzem os conflitos de interesse contribuindo para uma melhor liquidez, menor volatilidade e o aumento dos preços das ações, além de facilitar o acesso ao crédito no mercado financeiro e de capitais.

Palavras-chave


Empresas Estatais; Governança Corporativa; Mercado Financeiro e de Capitais; Conflitos de Agência

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2178-8189.2020v24n1p10

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Scientia Iuris

ISSN (eletrônico) 2178-8189

 

E-mail: revistamdireito@uel.br



 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.