Cenários, espaços e linguagens: uma nova agenda para pensar-conhecer-agir sobre percursos de formação na sociedade da aprendizagem

Mirian de Albuquerque Aquino

Resumo


Introdução: Diferentes cenários, espaços e linguagens norteiam os percursos de formação de aprendentes. Trata-se de um novo  tempo, redesenhado a partir da lógica de reestruturação do capitalismo informacional  e suas imbricações com a globalização e tecnologias intelectuais.

Objetivo: Discute a problemática do percurso de formação nas novas configurações da sociedade da aprendizagem.

Metodologia: Reflexão sobre o percurso de formação para pensar-conhecer-agir sobre a informação, nas instituições de ensino superior, com base em novas abordagens teóricas.

Resultados: Exige-se uma atitude crítica, reflexiva e colaborativa em constante interação como parte das condições prioritárias para os indivíduos se adaptarem aos contextos  de aprendizagens. Temos de nos apropriar de novas habilidades e competências como eixos importantes para o percurso da formação, pois é a condição fundamental para os indivíduos imergirem na era das redes de informação e construírem o conhecimento.

Conclusões: Os indivíduos necessitam situar-se como ensinantes e aprendentes para pensar-conhecer-agir sobre a informação e produzir conhecimento, quando as regras para formação humana são bem mais exigentes.

 

 


Palavras-chave


Percurso de Formação; Ensinantes e Aprendentes; Pensar-conhecer-agir sobre a informação; Sociedade da Aprendizagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2012v17n1p26

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional