Seleção de livros nas bibliotecas universitárias sob a ótica dos bibliotecários brasileiros

Daniela Eugênia Moura de Albuquerque, Antonio de Souza Silva Junior, Murilo Artur Araújo da Silveira

Resumo


Introdução: A seleção de livros é um processo complexo caracterizado por aspectos socioculturais, humanísticos, técnicos, em os critérios de seleção são fundamentais para nortear os bibliotecários nas tomadas de decisões. Objetivo: Tem como objetivo central identificar os critérios de indispensáveis para o processo de tomada de decisão de seleção de livros nas bibliotecas públicas universitárias brasileiras. Metodologia: Configura-se como uma pesquisa exploratória que utiliza a técnica de análise de conteúdo e de regressão linear múltipla em duas etapas: quantitativa e qualitativa. A amostra da etapa quantitativa foi composta por 140 respondentes e a realização da coleta de dados foi mediante a aplicação de questionários embasada na literatura científica nacional e internacional. Na etapa qualitativa a amostra foi de 15 entrevistados e os dados foram coletados através de entrevistas semiestruturadas. A análise e o diagnóstico dos dados quantitativos foram realizados a partir do desenvolvimento do método de regressão linear múltipla e os dados qualitativos foram por meio da análise pragmática da linguagem.  Resultados: Conclui que o processo de seleção pode ser explicado através da variável atualidade da informação descrita como único utilizado pelos bibliotecários das Universitárias públicas do Brasil. Conclusões: Em contraponto a literatura, manter a informação atualizada se mostra como a função significativa, no tocante ao desenvolvimento de coleções, pelos bibliotecários das Universitárias públicas do Brasil.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Bonifácio Chaves de; MACHADO, Raymundo das Neves. Development of the informational collection of IFBA in the view of the responsible for libraries. Digital Journal of Library and Information Science, Campinas, SP, v. 17, p. 1-22, 2017. Disponível em: https://bit.ly/329k3S8. Acesso em: 18 fev. 2020.

CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE. Resolução n° 510/2016, de 07 de abril de 2016. Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais cujos procedimentos metodológicos envolvam a utilização de dados diretamente obtidos com os participantes ou de informações identificáveis ou que possam acarretar riscos maiores do que os existentes na vida cotidiana, na forma definida nesta Resolução. Brasil: Conselho Nacional de Saúde, 2016. Disponível em: https://bit.ly/3bZ7Nse. Acesso em: 09 out. 2019.

COOPER, Donald R.; SCHINDLER, Pamela S. Métodos de pesquisa em administração. 10. ed. Porto Alegre: Bookman, 2011.

DIAS, Maria Matilde Kronka; PIRES, Daniela. Formação e desenvolvimento de coleções de serviços de informação. São Carlos: EdUFSCar, 2003.

DRURY, Francis Keese Wynkoop. Book Selection. Chicago: American Library Association, 1930. Disponível em: https://babel.hathitrust.org/cgi/pt?id=uc1.b4209483;view=1up;seq=9.

Acesso em: 22 mar. 2019.

EDUVIRGES, Joelson Ramos. O processo de formação e desenvolvimento de coleções da Biblioteca Central da Universidade Estadual do Piauí. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, Minas Gerais, v. 3, n. 2, 2013. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/moci/article/view/2200. Acesso em: 18 fev. 2020.

FARIA, Cleide Vieira de. Seleção de materiais bibliográficos para a modalidade de aquisição doação: um relato de experiência da Biblioteca Central da Universidade Federal de Minas Gerais. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, n. esp., p. 1435-1449, 2017. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1023. Acesso em: 18 fev. 2020.

FIGUEIREDO, Nice Menezes de. Seleção e aquisição: da visão clássica à moderna aplicação de técnicas bibliométricas. Ciência da Informação, Brasília, v. 12, n. 2, p. 37-50, jul./dez. 1984. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/202/202. Acesso em: 21 mar. 2019.

HAIR Jr., Joseph F. et al. Análise multivariada de dados. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

KITAJIMA, Mitsuro; BABA, Kensuke; MINAMI, Toshiro. An evaluation of book selection in a university library by loan record analysis. International Journal of Information and Education Technology, Singapore, v. 5, n. 10, p. 728-731, oct. 2015.

KLINE, Paul. Psychometrics and psychology. London: Acaderric Press, 1979.

LITTON, Gaston. Como se forma um acervo bibliográfico. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1975. p. 1-97.

MACIEL, Alba Costa; MENDONÇA, Marília Alvarenga Rocha. Bibliotecas como organizações. Rio de Janeiro: Interciência; Niterói: Intertexto, 2006.

MALHOTRA, Naresh K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4 ed. São Paulo, SP: Bookman, 2006.

MATTOS, Ana Maria; DIAS, Eduardo José Wense. Desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias: uma abordagem quantitativa. Perspectivas em Ciência da Informação, Minas Gerais, v. 14, n. 3, p. 38-60, set./dez. 2009. Disponível em: https://bit.ly/39MQJDU. Acesso em: 18 fev. 2020.

MATTOS, Pedro Lincoln Carneiro Leão de. A entrevista não-estruturada como forma de conversação: razões e sugestões para sua análise. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 39, n. 4, p. 823-846, 2005. Disponível em: https://bit.ly/37FdEzB. Acesso em: 02 nov. 2019.

MELO, Lílian Lima de Siqueira; MARQUES, Denílson Bezerra; PINHO, Fabio Assis. A biblioteca universitária e a sua atuação frente à mutabilidade de paradigmas. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 5, n. 1, p. 69-89, mar./ago. 2014. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/incid/article/view/64069. Acesso em: 12 mar. 2019.

MIRANDA, Ana Cláudia Carvalho de. Desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 4, n. 2, p. 01-19, jan./jun. 2007. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.

php/rdbci/article/view/2018. Acesso em: 12 mar. 2019.

MIRANDA, Ana Cláudia Carvalho de; BERNARDINO, Maria Cleide Rodrigues. Gerenciamento de estoques de informação em bibliotecas públicas. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 15, n. 3, p. 71-93, set./dez. 2019. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1194. Acesso em: 18 fev. 2020.

MIRANDA, Ana Cláudia Carvalho de; GALLOTTI, Mônica Marques Carvalho; CECATTO, Adriano. Desafios para a biblioteca pública no processo de planejamento da formação e desenvolvimento do acervo. Encontros Bibli, Florianópolis, v. 22, n. 48, p. 15-26, jan./abr. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2017v22n48p15. Acesso em: 18 fev. 2020.

MIRANDA, Antonio. Seleção de material bibliográfico em bibliotecas universitárias brasileiras. In: MIRANDA, Antonio. Estruturas de informação e análise conjuntural: ensaios. Brasília: Thesaurus, 1980. p. 63-85.

PINHEIRO, Liliane Vieira. O desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias na perspectiva dos desafios da pós-modernidade: diretrizes sob o olhar da teoria da complexidade e da análise de domínio. Orientadora: Lígia Maria Arruda Café. 2017. 297 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/174452. Acesso em: 12 mar. 2019.

RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa social, métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 2010.

SANTA ANNA, Jorge. Desenvolvimento de coleções no sistema de biblioteca da UFES: comparativo entre os modelos teóricos de Evans e Baughman e proposta de adequação ao modelo de Evans. Biblionline, João Pessoa, v. 12, n. 2, p. 141-155, 2016. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/biblio/article/view/27933. Acesso em: 12 mar. 2019.

SANTA ANNA, Jorge. O contexto organizacional e seus reflexos no desenvolvimento de coleções: um estudo à luz das diferentes modalidades de bibliotecas. Revista ABC: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 22, n. 1, p. 5-22, dez./mar. 2017. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1267. Acesso em: 12 mar. 2019.

SILVA, Célia Aparecida Rufino Gomes; AMARAL, Roniberto Morato do; PAJEÚ, Hélio Márcio. Desenvolvimento de coleção na perspectiva da alteridade Bakhtiniana: o descarte na biblioteca universitária. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 126-151, jan./abr. 2018. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/632. Acesso em: 18 fev. 2020.

SILVA, Edilene Maria da. A influência das políticas de informação científica e tecnológica para as bibliotecas universitárias. Orientadora: Joana Coeli Ribeiro Garcia. 2009. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2009. Disponível em: http://eprints.rclis.org/14433/1/Disserta%C3%A7%C3%A3o_

CI_-EDILENE_MARIA_DA_SILVA.pdf. Acesso em: 14 mar. 2019.

TALLMAN, Nathan; WORK, Lauren. Approaching appraisal: guidelines and criteria to select for digital preservation. International Conference on Digital Preservation, Boston, sept. 2018. Disponível em: https://osf.io/rj2f7/. Acesso em: 20 abr. 2019.

TAVARES, William Queiroz. Política de desenvolvimento de coleções no sistema integrado de bibliotecas da Universidade Federal de Pernambuco. Biblionline, João Pessoa, v. 11, n. 2, p. 135-149, 2015. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/biblio/article/

view/25087. Acesso em: 12 mar. 2019.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Desenvolvimento de coleções. São Paulo: Polis: APB, 1989. (Palavra-chave).

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Seleção de materiais de informação: princípios e técnicas. 3. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2010.

WEITZEL, Simone da Rocha. Elaboração de uma política de desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias. Rio de Janeiro: Interciência; Niterói: Intertexto, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2021v26n1p415

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional