Relações conceituais como elementos constitutivos essenciais dos sistemas de organização do conhecimento

Walter Moreira

Resumo


Introdução: Para além da simples percepção ou contemplação do objeto, para que se efetue o processo de conhecimento é preciso identificar, reconhecer e estabelecer relações conceituais. Desse modo, é preciso refletir sobre o conceito como elemento a partir do qual se constrói o conhecimento bem como sobre as relações que os conceitos estabelecem entre si nos sistemas e processos de organização do conhecimento. Objetivo: Propõe-se analisar a função das relações conceituais na configuração dos sistemas de organização do conhecimento e comparar tais sistemas entre si por meio da análise da qualidade das relações conceituais que apresentam. Metodologia: Pesquisa de caráter qualitativo e descritivo com sistematização de conceitos. Resultados: As ontologias, tomadas como exemplos avançados de sistema de organização do conhecimento, por seu recurso característico de formalização, podem ser empregadas para explicitar a base ontológica que sustenta, necessariamente, qualquer tipo de sistema de organização do conhecimento. Ainda há carência, contudo, grosso modo, de contribuições mais efetivas da ciência da informação para a compreensão do problema referente à categorização, à classificação e à organização das relações lógico-semânticas entre conceitos no que se refere à construção e manutenção de bases ontológicas para sistemas de organização do conhecimento. Conclusões: As ontologias renovam o interesse no problema relativo à precisão na definição e delimitação dos conceitos que constituem, por suas relações, o conhecimento nos domínios. Essa perspectiva, entretanto, não se apoia exatamente no aspecto de artefato conceitual que caracteriza, de certo modo, as ontologias, mas no seu aspecto ôntico, na possibilidade de se desenhar com elas sistemas de organização conhecimento que expressem terminologia, conceitos e relações mais precisos visando ações de compartilhamento. 


Palavras-chave


Organização do Conhecimento; Relações Conceituais; Sistemas de Organização do Conhecimento

Texto completo:

PDF

Referências


AMERICAN NATIONAL STANDARDS INSTITUTE. National Information Standards Organization. ANSI/NISO Z39.19-2005 (R2010): guidelines for the construction, format and management of monolingual controlled vocabularies. Bethesda: NISO Press, 2010.

ARNTZ, R.; PICHT, H. Introducción a la terminología. Madrid: Fundación Sánchez Ruipérez, 1995.

BARBOSA, M. A. Relações possíveis conjunto significante/conjunto significado. In: ENCONTRO NACIONAL DOS GT DE LEXICOLOGIA, LEXICOGRAFIA E TERMINOLOGIA DA ANPOLL, 1., 1997, Recife. Anais [...] Recife: UFRJ, 1997.

BARITÉ, M.; CASTROMÁN, G. C.; COLOMBO, S.; BLANCO, A. D.; DELLA, M. L.; SIMÓN, L.; VERGARA, M.; Diccionario de organización del conocimiento: clasificación, indización, terminología. Montevideo: PRODIC, 2013.

BLAIR, D. Wittgenstein, language and information: back to the rough ground!. Dordrecht: Springer, 2006.

BOWKER, L. Lexical knowledge patterns, semantic relations, and language varieties: exploring the possibilities for refining information retrieval in an international context. Calaloging & Classification Quarterly, v. 37, n. 1/2, p. 153-171, 2003.

CAMPOS, M. L. A. Aspectos semânticos da compatibilização terminológica entre ontologias no campo da bioinformática. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 10., 2009, João Pessoa. Anais [...] João Pessoa: [s.n.], 2009.

CINTRA, A. M. M. TÁLAMO, M. F. G. M.; LARA, M. L. G.; KOBASHI, N. Y. Para entender as linguagens documentárias. 2.ed. rev. ampl. São Paulo: Polis/APB, 2002.

CLARKE, S. G. D. Thesaural relationships. In: BEAN, C. A.; GREEN, R. (ed.). Relationships in the organization of knowledge. Dordrecht: Kluwer, 2001. p. 37-52.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2019v24n2p1

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional