Representação de relações semânticas de lugar em sistemas de organização do conhecimento

Benildes Coura Moreira dos Santos Maculan

Resumo


Introdução: Os processos de representações de domínios envolvem o estabelecimento de relações semânticas na estrutura conceitual de diferentes tipos de sistemas de organização do conhecimento (SOC). Nos SOC a associação entre os conceitos é formada a partir de diferentes relações semânticas, apresentando uma estrutura contextual que facilita a compreensão do conhecimento acumulado no domínio em questão. Dentre as diversas relações semânticas, as relações de lugar (ou espaciais) podem ser entendidas como espaços que conectam os elementos do mundo fenomenológico. Objetivo: Este artigo apresenta uma investigação sobre a representação de relações semânticas de lugar em SOC. Metodologia: Caracteriza-se como estudo exploratório e descritivo, realizado a partir da análise de proposições como meio para determinar ligações entre conceitos, expressando relações de significado entre unidades de conhecimento. Para tanto, discute-se o conceito de lugar (ou espaço) em diferentes campos do conhecimento. Resultados: Como resultado, apresenta-se o papel e as formas de representação das relações espaciais, exemplificando com a descrição de algumas iniciativas. Conclusões: A exploração da literatura e as reflexões indicam a relevância no uso das relações espaciais para enriquecer semanticamente as aplicações computacionais.


Palavras-chave


Organização do Conhecimento; Sistemas de Organização do Conhecimento; Relações Semânticas; Relações Espaciais

Texto completo:

PDF

Referências


AVILA-PIRES, F. Princípios de ecologia humana. Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1983.

BARCELLOS, C.; MACHADO, J. M. H. A organização espacial condiciona as relações entre ambiente e saúde: o exemplo da exposição ao mercúrio em uma fábrica de lâmpadas fluorescentes. Ciência da Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 103-113, 1998.

BORBA, F. S. Uma gramática de valências para o português. São Paulo: Ática, 1996.

BORGES, K. A. V. Curso de especialização em geoprocessamento. Belo Horzonte, UFMG, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2019v24n2p139

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional