Diretrizes para avaliação de sistemas de organização do conhecimento representados em SKOS

Rogério Aparecido Sá Ramalho, Janailton Lopes Sousa

Resumo


Introdução: O Modelo de Dados Simple Knowledge Organization System (SKOS) é uma recomendação do World Wide Web Consortium (W3C) para  a representação de Sistemas de Organização do Conhecimento em ambientes digitais, na última década o modelo SKOS tem contribuído para um aumento exponencial da quantidade de vocabulários publicados em ambientes digitais, evidenciando a necessidade de estudos que favoreçam uma melhor avaliação destes vocabulários. Objetivo: Apresentar uma sistematização de diretrizes para a avaliação de vocabulários publicados em SKOS. Metodologia: Pesquisa exploratória de caráter bibliográfica e documental, com abordagem teórica e qualitativa. Resultados: É apresentada uma sistematização de estudos que possam contribuir para a sistematização de diretrizes para a avaliação de vocabulários codificados em SKOS. Conclusões: A representação de vocabulários controlados em ambientes digitais incorpora inúmeras potencialidades aos Sistemas de Organização do Conhecimento, porém também apresenta novos desafios, principalmente no que se refere à avaliação de requisitos técnicos e definição formal dos relacionamentos, evidenciando a importância de estudos que contribuam para um maior aperfeiçoamento dos processos de avaliação de vocabulários em ambientes digitais.


Palavras-chave


Sistemas de Organização do Conhecimento; Vocabulários Controlados; Avaliação; Diretrizes; SKOS

Texto completo:

PDF

Referências


ANSI/NISO. Z39.19-2005 (R2010): guidelines for the construction, format, and management of monolingual controlled vocabularies. NISO, 2010.

BROUGHTON, V. Concepts and terms in the faceted classification: the case of UDC. Knowledge Organization, v. 37, n. 4, 2010. p. 270-279.

CATARINO, M. E.; CERVANTES, B. M. N.; ANDRADE, I. A. de. A representação temática no contexto da web semântica. Inf. & Soc.:Est., João Pessoa, v. 25, n. 3, p. 105-116, set./dez. 2015.

DAHLBERG, I. Teoria do conceito. Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v.7, n.2, p.101-107, 1978.

GOMES, H. E. Manual de elaboração de tesauros monolíngues. Brasília: CNPq/PNBU, 1990. 78 p.

GIL-LEIVA, I. Manual de indización: teoría y práctica. Gijón, Spain: Trea, 2008.

ISAAC, A.; SUMMERS, E. (Ed.). SKOS Simple Knowledge Organization System Primer: W3C Working Group Note, 18 August 2009. Disponível em: https://www.w3.org/TR/2009/. Acesso em: 19 jan. 2019.

LANCASTER, F. W. El control del vocabulario en la recuperación de la información. 2 ed. Valencia: Universidad de Valencia, 2002.

MADER, C.; HASLHOFER, B.; ISAAC, A. Finding quality issues in SKOS vocabularies. TPDL, 2012.

MANAF, N. A. A.; BECHHOFER, S.; STEVENS, R. The current state of SKOS vocabularies on the Web. In: SIMPERL, E. et al. (Eds.). Extended Semantic Web Conference - ESWC, 2012. p. 270–284.

MÉNDEZ, E.; GREENBERG, J. Linked data for open vocabularies and HIVE's global framework. El Profesional de la Información, v. 21, n. 3, p. 236-244, 2012.

MILES, A.; BECHHOFER, S. SKOS Simples Knowledge Organization System Reference. W3C Recommendation, 2009. Disponível em: http://www.w3.org/TR/skos- reference/. Acesso em: 20 jan 2019.

MUSTAFA EL HADI, W. Cultural interoperability and knowledge organization Systems. In: GUIMARÃES, J. A. C.; DODEBEI, V. (Orgs.). ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO E DIVERSIDADE CULTURAL. 1 ed. Marília: ISKOBrasil; FUNDEPE, v. 1, p. 575-606, 2015.

PASTOR-SANCHEZ, J. A.; MARTINEZ-MENDEZ, F. J.; RODRIGUEZ-MUÑOZ, J.V. Aplicación de SKOS para la interoperabilidad de vocabularios controlados en el entorno de linked open data. El profesional de la información, v. 21, n. 3, p. 245-253, 2012.

PASTOR-SANCHEZ, J. A.; MENDEZ, F. J. M.; RODRÍGUEZ-MUÑOZ, J. V. Advantages of thesaurus representation with the Simple Knowledge Organization System (SKOS) compared with other proposed alternatives. Information Research, v. 14, n. 4, dez. 2009. Disponível em: http://www.informationr.net/ir/14- 4/paper422.html. Acesso em 04 jun. 2018.

RAMALHO, R. A. S.; MARTINS, P. G. M.; SOUSA, J. L. Evolução das linguagens de marcação: um breve histórico à luz da área de Ciência da Informação. Inf. Prof., Londrina, v. 6, n. 2, jul./dez. 2017. p. 20 – 34. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/infoprof/article/view/33267. Acesso em 10 jan 2019.

RAMALHO, R. A. S. Análise do modelo de dados SKOS: Sistema de Organização do Conhecimento Simples para a Web. Marília/João Pessoa, Informação & Tecnologia (Itec), v. 2, n. 1, jan./jul., 2015. p. 66-79.

RAMALHO, R.A.S. Representação SKOS da categoria tecnologia da informação e comunicação do tesauro brasileiro de ciência da informação: um estudo preliminar. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v. 10, n. 2, 6 jun. 2017. Disponível em: http://ejournal.space/tpbci/index.php/tpbci/issue/view/4. Acesso em: 14 nov. 2019.

SANTOS, J. C. F.; CERVANTES, B. M. N.; FUJITA, M. S. L. Tesauro eletrônico: importação no TemaTres e disponibilização na web. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 19., 2018, Londrina. Anais [...]. Londrina: Uel, 2018. Acesso em: 12 fev. 2019.

SOERGEL, D. Thesauri and ontologies in digital libraries: tutorial. In: Evaluation of thesauri. Joint Conference on Digital Libraries, Portland, Oregon, July 14, 2002. Disponível em: http://www.dsoergel.com/cv/B63.pdf. Acesso em 08 set 2018.

MONREAL, C. S.; GIL-LEIVA, I. Evaluation of controlled vocabularies by interindexer consistency. Information Research: an international electronic journal, v. 16, n. 4, dez. 2011. Disponível em: http://www.informationr.net/ir/16-4/paper502.html. Acesso em: 10 jan 2019.

MONREAL, M. C. S. Evaluación de vocabularios controlados en la indización de documentos mediante índices de consistencia entre indizadores. Departamento. de Comunicación Audiovisual, Documentación e Historia del Arte (TESIS DOCTORAL). Universitat Politècnica de València. Valencia, 2009.

SUOMINEN, O., MADER, C. Assessing and improving the quality of SKOS vocabularies. Journal Data Semantics, v. 3, n. 1, 2014. p. 47–73.

SUOMINEN, O.; HYVÖNEN, E. Improving the quality of SKOS vocabularies with Skosify. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON KNOWLEDGE ENGINEERING AND KNOWLEDGE MANAGEMENT (EKAW 2012), Anais […]. Springer-Verlag, Gal-way, Ireland, October, 2012.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2019v24n2p126

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional