Modelos de busca, acesso, recuperação e apropriação da informação na web de dados

Francisco Carlos Paletta, José Antonio Moreiro Gonzalez

Resumo


Introdução: A era digital demanda por novas propostas e abordagens técnicas associadas à utilização da Tecnologia da Informação na recuperação e apropriação da informação no contexto da Web de Dados. O desenvolvimento dessa área permitirá um maior entendimento dos recursos da tecnologia colaborativa utilizados em ambientes informacionais digitais na organização da informação e do conhecimento. A inserção dessas tecnologias consiste em inovações que devem estar vinculadas à tradição e à missão das bibliotecas e dos repositórios digitais.  Objetivos: Este trabalho tem por objetivo discutir os resultados parciais de projeto de pesquisa conduzido no Departamento de Informação e Cultura da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e está estruturado em três fases: (i) Modelos de busca, acesso, e recuperação da informação; (ii) Infraestrutura tecnológica em bibliotecas digitais; e (iii) Ferramentas de busca e recuperação da informação na Web de Dados. Metodologia: Identificar e discutir as tendências nos modelos de busca da informação, em especial interesse aqueles que influenciam o contexto da organização e recuperação da informação, de modo que o uso da tecnologia possa proporcionar a criação e agregação de valor aos modelos de busca, acesso, recuperação e apropriação da informação na Web de Dados. Conclusões: Atualmente se conhece muita coisa sobre planejamento, aquisição, organização, controle e desenvolvimento de coleções, mas muito pouco sobre como o usuário interage com os sistemas ou para que fins, e como a informação, que é a matéria-prima do sistema, está sendo utilizada. Torna-se evidente a necessidade de aprofundar os estudos e pesquisas que permitam entender os modelos de busca e apropriação da informação em um cenário dependente de recursos computacionais na Web inteligente.


Palavras-chave


Modelos de Busca da Informação; Recuperação da Informação; Organização da Informação; Usuário da Informação; Tecnologia da Informação; Web de Dados

Texto completo:

PDF

Referências


BELLING, A.; RHODES, A.; SMITH, J.; THOMSON, S.; THORN, B. Exploring library 3.0 and beyond. 2011. Disponível em: http://www.libraries.vic.gov.au/downloads/20102011_Shared_Leadership_Program_Presentation_Day_/exploring_library_3.pdf. Acesso em: 23 maio 2018.

BEPPLER, F. D. Um modelo para recuperação e busca de informação baseado em ontologia e no círculo hermenêutico. 2008. Tese (Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

CAREGNATO, S. E.; CRESPO, I. M. Comportamento de busca de informação: uma comparação de dois modelos. Em Questão. Porto Alegre, v. 9, n. 2, p. 271-281, jul./dez., 2003.

CANCLINI, N. G. Diferentes, desiguais e desconectados: mapas da interculturalidade. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2009.

CAMPELLO, B. O movimento da competência informacional: uma perspectiva para o letramento informacional. Ciência da Informação, Brasília, v. 32, n. 3, p. 28-37, 2003.

CGI.BR/NIC.BR. Dimensões e características da WEB brasileira: um estudo do “.gov.br”, 2011. Disponível em: http://www.cgi.br/publicacao/dimensoes-ecaracteristicas-da-web-brasileira/. Acesso em: 12 maio 2018.

DUDZIAK, E. A. Information literacy: princípios, filosofia e prática. Ciência da Informação, Brasília, v. 32, n. 1, p. 23-35, 2003.

FERREIRA, S. M. S. P. Novos paradigmas e novos usuários da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 25, n. 2, p. 217-223. 1995.

GARCIA, R. M. Modelos de comportamento de busca de informação: contribuições para a Organização da Informação. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2007.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M.A. Metodologia do trabalho científico. 2 ed. São Paulo: Atlas, 1991.

LOPES, I. L. Estratégia de busca na recuperação da informação: revisão da literatura. Ciências da Informação. Brasília, v. 31, n. 2, p. 60-71, maio/ago., 2002.

MELO, A. V. C.; ARAUJO, E. A. Competência Informacional e Gestão do Conhecimento: uma relação necessária no contexto da sociedade da informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 12, n. 2, p.185-201, maio/ago., 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pci/v12n2/v12n2a12.pdf. Acesso em: 16 jun. 2018.

MONTEIRO, S. D.; FERNANDES, R. P. M.; DECARLI, G. C.; TREVISAN, G. L. Sistemas de recuperação da informação e o conceito de relevância nos mecanismos de busca: semântica e significação. Encontros Bibli: Revista eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, v. 22, n. 50, p. 161-175, set. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2017v22n50p161. Acesso em: 31 mar. 2019.

PALETTA, F. C.; PELISSARO, B. Estudo de usuários e modelos de busca da informação. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 13, n. 1, p. 120-137, jan. 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1584. Acesso em: 23 jul. 2018.

SQUIRRA, S. Sociedade do conhecimento. In: MARQUES DE MELO, J. M.; SATHLER, L. Direitos à Comunicação na Sociedade da Informação. São Bernardo do Campo, SP: UMESP, 2005.

TAKAHASHI, T. Sociedade da Informação no Brasil: livro verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, p.1-14. 2000.

W3C Brasil. Missão do W3C. Disponível em: http://www.w3c.br/Sobre/MissaoW3C. Acesso em: 12 maio 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2019v24n2p182

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional