Algumas considerações sobre os repositórios digitais de dados de pesquisa

Luis Fernando Sayão, Luana Farias Sales

Resumo


Introdução: A pesquisa científica contemporânea no seu compromisso por buscar novos conhecimentos e novas descobertas produz e utiliza intensivamente dados digitais de pesquisa. Nesse contexto de mudanças, os dados deixam de ser simples subprodutos das atividades de pesquisa e se tornam recursos informacionais de primeira grandeza, caracterizando um novo paradigma científico pautado pelo compartilhamento, amplo acesso e reuso de dados. Objetivo: Identificar o papel dos repositórios digitais de dados nos novos cenários de pesquisa científica e apresentar um panorama das suas principais características, categorias, benefícios, funções e infraestruturas. Metodologia: Analisa a literatura da área e os principais sistemas que dão sustentação a infraestruturas de acesso e gestão de dados de pesquisa. Resultados: O presente ensaio demonstra que para os dados e coleções de dados de pesquisa transmitam conhecimento no tempo e no espaço e sejam reusados é necessária a implantação de uma infraestrutura tecnológica e gerencial, permanente e sustentável, que permita que eles sejam cuidados ao longo de todo o seu ciclo de vida. No centro dessa infraestrutura estão os repositórios digitais de dados de pesquisa, que são sistemas voltados para apoiar a seleção, catalogação, arquivamento, acesso e compartilhamento de dados de pesquisa. Conclusão: Pela sua importância como recurso informacional, os repositórios de dados se tornam rapidamente parte essencial das infraestruturas de pesquisa em escala global, tornando visível e aberta para toda a sociedade uma parcela importante da atividade de pesquisa. Nessa direção, se tornam um desafio relevante para a Ciência da Informação e para a Biblioteconomia.  


Palavras-chave


Dados de Pesquisa; Repositório Digital de Dados de Pesquisa; Gestão de Dados de Pesquisa; Curadoria Digital; Ciência Aberta

Texto completo:

PDF

Referências


RE3DATA. Registry of Research Data Repositories. Re3data.org Reaches a Milestone & Begins Offering Badges. Apr. 2016. Disponível em: http://www.re3data.org/|>. Acesso em: 15 maio 2016.

BENSON, Dennis A. et al. GenBank. Nucleic Acids Research, Oxford, v. 41, Jan. 2013. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3531190/>. Acesso em: 15 maio 2016.

BORGMAN Christiane L. Research data: who will share what, with whom, when, and why? In: CHINA-NORTH AMERICAN LIBRARY CONFERENCE, 5., Beijing, 2010. Proceedings... Beijing: CALA, 2016. Disponível em: http://works.bepress.com/borgman/238/>. Acesso em: 15 maio 2016.

CCSDS. Consultative Committee for Space Data System. Reference model for an open archival information system (OAIS). Washington: Magenta book, CCSDS, 2002. Disponível em: http://public.ccsds.org/publications/archive/650x0b1.pdf>. Acesso em: 15 maio 2016.

KINDLING, Maxi; SCHIRMBACHER, Peter. Die digitale forschungswelt als gegenstand der forschung. Information: Wissenschaft & Praxis, Berlin, v. 64, n. 2-3, p. 127–136, Apr. 2013.

KON, Fábio. Ciência aberta, dados abertos e código aberto. Computação Brasil, Porto Alegre, n. 22, jul. 2013. Disponível em: http://www.ime.usp.br/~kon/papers/ComputacaoBrasilKon2013.pdf>. Acesso em: 15 maio 2016.

LEIDEN UNIVERSITY. Publish and deposit your research. 2015. Disponível em: http://www.library.leiden.edu/teaching-researching-publishing/publishdeposit-research/data-management/>. Acesso em: 15 maio 2016.

NATIONAL SCIENCE BOARD. Long-lived digital data collections: enabling research and education in the 21st century. Arlington: National Science Foundation, 2005. Disponível em: http://www.nsf.gov/pubs/2005/nsb0540/nsb0540.pdf>. Acesso em: 1 maio 2016.

OECD. Organisation for Economic Co-operation and Development. OECD: principles and guidelines for access to research data from public founding. 2007. Disponível em: https://www.oecd.org/sti/sci-tech/38500813.pdf>. Acesso em: 15 maio 2016.

PANPEL, Heinz et al. Making research data repositories visible: the re3data.org Registry. PLoS One, San Francisco, v. 8, n.11, 2013. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3817176/>. Acesso em: 15 maio 2016.

PÉREZ-GONZÁLEZ, Lourdes. Modelo/s de coste para la preservación de los datos científicos em la e-ciencia. In: JORNADAS DE GESTIÓN DE LA INFORMACIÓN, 12., 2010, Madrid. Anales... Madrid: SEDIC, 2010. Disponível em: http://eprints.rclis.org/8555/1/Perez.pdf>. Acesso em: 1 maio 2016.

SALES, Luana Farias. Integração semântica de publicações científicas e dados de pesquisa: proposta de modelo de publicação ampliada para a área de Ciências Nucleares. 2014. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.

SALES, Luana Farias; SAYÃO, Luis Fernando. Há futuro para as bibliotecas de pesquisa no mundo da e-science. Informação & Tecnologia, João Pessoa, v. 2, n. 1, 2015. Disponível em: http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/itec/ article/view/26029/14677>. Acesso em: 15 maio 2015.

SAYÃO, Luis Fernando; SALES, Luana Farias. Guia de gestão de dados de pesquisa para bibliotecários e pesquisadores. Rio de Janeiro: CNEN, 2015. Disponível em: http://carpedien.ien.gov.br:8080/handle/ien/1624>. Acesso em: 15 maio 2016.

THE ROYAL SOCIETY. Science as an open enterprise. London: The Royal Society Science Policy Centre, 2012. Disponível em: https://royalsociety.org/~/media/Royal_Society_Content/policy/projects/sape/2 012-06-20-SAOE.pdf>. Acesso em: 15 maio 2016.

ULRICH, Robert et al. R3data.org: making research data repositories visible and discoverable. 2015. Disponível em: https://www.w3.org/2013/sharepsi/workshop/krems/papers/re3data>. Acesso em: 15 maio 2016.

UZWYSHYN, Ray. Research data repositories: the what, when, why, and how. Computers in Libraries, Westport, v. 36, n. 3, Apr. 2016. Disponível em: http://www.infotoday.com/cilmag/apr16/Uzwyshyn--Research-DataRepositories.shtml>. Acesso em: 15 maio 2016.

VIERKANT, Paul et al. Schema for the description of research data repositories. 2014. Disponível em: http://gfzpublic.gfzpotsdam.de/pubman/item/escidoc:758898:6/component/escidoc:775891/re3data_schema_v22_public_final-2014-12-03.pdf >. Acesso em: 15 maio 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2016v21n2p90

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

Inf. Inf.

ISSN: 1981-8920 (versão somente online)

DOI: 10.5433/1981-8920

e-mail: infoeinfo@uel.br



Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional